Em um cenário em que os consumidores encontram-se cada vez mais atentos e exigentes, muitos gestores devem optar por estratégias para não apenas retê-los como manter o grau de satisfação cada vez maior. Mas, o que o autoatendimento tem a ver com tudo isso?

Na verdade, essa forma de interação entre máquinas e pessoas pode contribuir, e muito, para o sucesso da experiência em um restaurante, bar ou lanchonete. Principalmente no que se refere à praticidade dos comandos e à personalização dos pedidos.

Porém, para entender na teoria como o autoatendimento pode ser bastante favorável ao seu negócio, vamos debater alguns dos seus principais benefícios. Esperamos que possa acompanhar a leitura. Vamos lá? 🙂

terminal de autoatendimento

Por que se atentar à tecnologia de autoatendimento?

É muito provável que você já tenha visto um totem de autoatendimento em lugares como cinemas e aeroportos, que permitem que os clientes resolvam o assunto a partir da própria tecnologia, certo?

A verdade é que a essa solução será cada vez mais comum daqui em diante. Pesquisas revelam que 60,4% dos brasileiros, não apenas preferem, como também pretendem realizar compras utilizando o autoatendimento.

Diante disso, não se pode mais adiar o uso dessa tecnologia em um estabelecimento, não é?

Mas, caso você, gestor, ainda esteja em dúvida em relação ao sistema de autoatendimento, vamos listar a seguir alguns dos principais benefícios da adoção da ferramenta, e porque o momento incluí-la em sua estratégia de venda é agora. Continue acompanhando!

1. Agiliza o atendimento e a entrega

Voltando ao exemplo do cinema. Você já reparou como geralmente quem opta pelo totem de autoatendimento realiza a compra com muito mais rapidez? O mesmo vale para outros estabelecimentos alimentícios, como redes de fast-food.

A partir de uma interface amigável e intuitiva, os clientes poderão ter uma visualização mais estratégica do cardápio, podendo realizar pedidos mais rapidamente.

Além disso, os clientes também otimizam tempo com perguntas aos vendedores sobre se tal opção ou outra consta no menu, o que pode fazê-los perder alguns minutos durante o processo.

Como os pedidos são repassados diretamente à cozinha, erros causados por distrações dos atendentes são completamente evitados, agilizando o preparo e contribuindo para uma entrega mais rápida.

2. Reduz filas

Se os clientes tomam decisões mais rápidas sobre o que irão consumir, logo o totem também é liberado de forma mais ágil.

Ou seja, a tecnologia de autoatendimento também contribui para a redução de filas nos estabelecimentos, que ocasionam longas esperas e sobrecarrega da equipe de atendentes.

Por exemplo, com dois totens presentes em um estabelecimento, além dos caixas, criam-se mais dois guichês de atendimento, permitindo que os clientes se distribuam melhor e obtenham mais opções para realizar os pedidos.

3. Personaliza pedidos

Através de sua interface, o totem de autoatendimento possibilita que os clientes não só tenham acesso ao cardápio como também realizem pedidos de acordo com suas preferências. Isto é, baseado em seus interesses, o que também inclui restrições alimentares.

Então, se um cliente não puder consumir determinado ingrediente de um prato, ele poderá retirá-lo de forma mais prática, sem precisar levar minutos a mais do atendente, evitando o risco do pedido não ser repassado de forma correta à cozinha.

Disponibilizar as opções dessa forma colaboram para um atendimento mais personalizado, o que aumenta a satisfação do cliente com o estabelecimento.

4. Reforça a experiência com a empresa

Se o cliente sabe que determinado estabelecimento possui um sistema de autoatendimento, é muito mais provável que ele opte por esse local do que por outro que não disponha da tecnologia.

Por isso, investir no terminal de autoatendimento é também apostar as fichas na experiência do cliente, com o objetivo de torná-la ainda mais personalizada e prática.

Isso quer dizer que o atendimento humano deve ser completamente substituído?

A resposta é: não! O ideal é trabalhar com ambos os modelos, sempre proporcionando o melhor do atendimento a cada cliente. Leia mais sobre esse assunto para entender que tipo de modelo é ideal para o seu negócio: autoatendimento ou atendentes.

Curtiu o conteúdo? Não deixe de comentar logo abaixo e compartilhar o texto em suas redes sociais. Esperamos ter ajudado. Até a próxima! 🙂

O que você achou do sistema de autoatendimento?
Acredita que esse é o momento de implementá-la em seu negócio? Fale com um de nossos consultores.

[]
1 Step 1
4 vantagens que o autoatendimento oferece aos clientes e ao negócio 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right