Prefere áudio? Então clique e ouça este artigo

A gestão da qualificação de fornecedor é um dos processos mais importantes para uma empresa de food service, uma vez que seu desempenho reflete diretamente na precificação e na qualidade dos produtos oferecidos no cardápio.

Essa atividade é considerada estratégica ao negócio. Até porque estamos lidando diretamente com alimentos que possuem prazo de validade específicos e diferentes formas de armazenamento.

Nesse contexto, o setor de compras precisa estar atento às avaliações dos alimentos e seguir os critérios estabelecidos pelo restaurante ou franquia.

Os fornecedores estão no centro das atividades e processos de quase todas as organizações.

E seu papel neste processo é de gerenciar e controlar custos, promover a excelência em serviços e reduzir os riscos para obter maior valor de seus fornecedores ao longo do ciclo de vida do negócio.

Por isso é necessário conhecer soluções que garantam que a cadeia de suprimentos funcione da maneira mais eficaz possível. Continue lendo e saiba como fazer a qualificação de fornecedor em seu restaurante.

qualificação de parceiros

O que é Gestão da Qualidade?

A gestão da qualidade é o ato de supervisionar diferentes atividades dentro de uma organização a fim de garantir que os resultados, os benefícios e processos pelos quais são entregues atendam os requisitos das partes interessadas.

A gestão da qualidade possui quatro componentes: 

  • Planejamento da qualidade;
  • Garantia da qualidade;
  • Controle da qualidade;
  • Melhoria contínua. 

Isso inclui procedimentos, ferramentas e técnicas usadas para garantir que os resultados e os benefícios atendam às exigências do cliente.

O planejamento da qualidade envolve a preparação de um plano de gestão da qualidade que descreve as métricas e processos que serão utilizados. Isso deve ser acordado com as partes envolvidas para garantir que suas expectativas em relação à qualidade sejam identificadas de forma correta.

Os processos descritos no plano de gestão da qualidade devem estar em conformidade com os requisitos legais, cultura e valores da empresa anfitriã.

Continue a leitura e saiba mais sobre a qualificação dos fornecedores!

De olho na qualificação de fornecedores

O trabalho de fiscalização pode ser realizado por profissionais capacitados pela própria empresa ou por consultores especializados no mercado food service. 

Para isso dar certo, é importante implementar uma cultura de segurança e qualidade que vai desde o setor operacional até os diretores do estabelecimento. 

É uma mudança de hábitos em prol da excelência do que é comprado, preparado e servido aos clientes.

Contar com bons parceiros comerciais é sinônimo de compras mais seguras e qualificadas. Esse processo é tão importante que causa impacto na fidelização de clientes e gera uma relação de confiança com fornecedores, que, consequentemente, abrem as portas para negociações nas quais todos saem ganhando.

ebook bares restaurantes gestão compras supply chain

Busque por referências no mercado

É imprescindível que o seu fornecedor esteja de acordo com as normas de segurança alimentar. Por isso, separamos algumas dicas para você seguir e verificar a reputação no mercado antes de fechar qualquer parceria: 

  • Converse com colegas do setor;
  • Pesquise opiniões;
  • Busque feedbacks na internet;
  • Procure resultados de avaliações anuais que são feitas por algum órgão regulador;
  • Solicite à empresa certificados e licenças de inspeções.
  • Mantenha um histórico do fornecedor, qualificando suas entregas e pontualidade.

De acordo com a norma da ABNT ISO 9001:2015: “A organização deve determinar e aplicar critérios para a avaliação, seleção, monitoramento de desempenho e reavaliação de provedores externos, baseados na sua capacidade de prover processos ou produtos e serviços de acordo com requisitos”.

Todos os processos e procedimentos para qualificação de fornecedores permitem que você conheça tanto a origem quanto a procedência das matérias-primas utilizadas em seu restaurante. 

Além disso, também é possível acompanhar o cadastramento, adequação e laudos referentes aos alimentos, possibilitando a melhoria contínua dos processos.

situação financeira e fiscal

Fornecedor nunca é demais!

Conte com vários prestadores de serviço em seu restaurante! Afinal, a sua principal fonte de matéria-prima pode falhar algum dia (você não quer pagar para ver, né?).

Caso isso aconteça, você precisará realizar uma compra de emergência ou até mesmo excluir um prato daquele dia — o que pode afetar o seu orçamento. Já pensou se um cliente vai comer seu prato favorito e ele não está disponível? Decepcionante!

Assegure que sua cartela de fornecedores esteja sempre atualizada e que mantenha a margem de lucro desejada, mesmo que você compre em cima da hora. Uma ampla gama de parceiros evita que seu restaurante fique sem os insumos essenciais para o funcionamento e permite que você faça uma tabela de preço.

O restaurante tem o papel de fiscalizar aqueles que fornecerão sua matéria-prima!

Esteja sempre em contato com os estabelecimentos e fábricas, fazendo visitas constantes, pois isso permite que você tenha visão estratégica sobre como o fornecedor tem atuado, podendo avaliar, inclusive, a qualidade de suas operações.

Conselhos valiosos:

  • Não se apegue apenas a um parceiro para cada tipo de produto;
  • Faça a pesquisa de preço entre os fornecedores que você tem na sua cartela;
  • Crie uma lista de pelo menos 3 empresas para cada tipo de matéria-prima;
  • Visite seus fornecedores com frequência.

Você pode utilizar uma pesquisa de satisfação com os seus clientes para saber o que eles acham da qualidade do seu produto. A partir desse resultado é possível identificar quais alimentos são mais consumidos e quais fornecedores você deve ter como planos A, B, C ou até D (caso algum deles te deixem na mão).  

Esses critérios interferem na eficácia do seu negócio e no seu próprio desempenho, uma vez que os clientes estão atentos à toda a cadeia de produção.

Cobre pontualidade nas entregas

O nível de entregas é um dos principais indicadores de qualificação. Quem trabalha em um restaurante sabe que as entregas dos prestadores de serviço devem ser realizadas diariamente e pontualmente, uma vez que grande parte dos pratos são preparados com produtos novos e frescos. Só assim é possível atender ou superar as expectativas dos clientes.

Lembre-se: não é somente a qualidade do prato que é colocada à prova, o funcionamento do estabelecimento também é influenciado pelos prazos de entrega acordados com os parceiros.

qualidade de produção

Negocie!

Quem não quer comprar bons produtos e economizar sempre que possível? O preço é uma variável muito importante ao buscar prestadores de serviço de qualidade. Isso porque o valor da matéria-prima deve ser compatível com o orçamento do seu restaurante e representar no máximo 25% do preço do prato servido.

O poder de negociação do gestor deve entrar em ação. Afinal, os parceiros já possuem valores estabelecidos e que variam muito conforme a sazonalidade.

#Dica: ter uma boa relação de custo-benefício permite medir o ganho do que foi orçado em relação ao que foi comprado — o saving financeiro. Ele é um indicador que mensura os resultados do negócio no âmbito financeiro e de performance.

Outro ponto fundamental é que a negociação impacta diretamente no cálculo do CMV — Custo de Mercadoria Vendida. Esse cálculo permite que os custos do negócio sejam diluídos entre as mercadorias vendidas e garante uma precificação justa e que o produto se pague.

Importante!

A prioridade deve ser sempre a qualidade do produto! Embora o preço seja indispensável, ele não deve ser o primeiro motivo de compra. Geralmente, o cliente prefere pagar um pouco mais caro por uma refeição saborosa a pagar por uma comida que não lhe agrade.

Reduza os gargalos de produção

Outro excelente benefício da qualificação de fornecedores é a identificação dos gargalos de produção que possam surgir devido à falta de relacionamento com fornecedores. 

Melhorar o controle da produção reduz o retrabalho, os desperdícios de recursos e o tempo na resolução dos processos aumentando também a produtividade.

Satisfação garantida

Não basta ter o melhor cardápio da região ou uma estrutura impecável se você não tem bons fornecedores para o seu negócio. O sucesso de um estabelecimento começa pelos bastidores, passa pela qualidade e disponibilidade dos produtos, transita pelos custos dos seus pratos até chegar ao fornecimento da melhor comida para os seus clientes com o preço justo!

E-procurement: você sabe o que é? Sua empresa usa?

Conhecido como fornecimento eletrônico, o e-procurement refere-se a todas as etapas de automação necessárias durante o processo de compras B2B. Ele abrange desde a prospecção de fornecedores até o fechamento da compra por meio de um software. 

Muito utilizados pela área de compras das empresas o sistema de gestão permite automatizar o fluxo de negociações.

software de gestão

Qual software usar na sua empresa?

O sistema de automação comercial simplifica e moderniza o processo de compra por meio de um aplicativo. A ferramenta permite que seus fornecedores informem os preços de cotação, visualizem todos os pedidos de compra (AF’s) que foram enviados e as condições de pagamento de suas notas fiscais (NF’s).

A solução muda a forma como as negociações e compras são realizadas, impactando direta e positivamente no setor. 

Com sistemas de gestão ERP você consegue:

  • Qualificar e fidelizar fornecedores;
  • Formalizar solicitações e transações de compras;
  • Reduzir tempo de cotação e de negociação de preços;
  • Padronizar os documentos de cotação, eliminando erros, rasuras e planilhas;
  • Gerir contas a receber;
  • Melhorar a gestão da qualidade.

De fato, a tecnologia está batendo à sua porta e não tem como fugir. Há alguns anos, as compras B2B eram feitas manualmente e sem nenhuma estratégia.

A tecnologia chegou para suprir a demanda por agilidade, melhorando o setor de estoque e impactando na gestão de compras. E com os sistemas de automação comercial é possível:

  • Verificar pedidos de cotação em tempo real e acompanhar diversos detalhes, como: situação (enviado, recusado, pendente), categoria do comprador, data de validade e quantidade de produtos cotados;
  • Visualizar valores, status e data de criação das autorizações de fornecimento;
  • Integrar todas as informações disponíveis no aplicativo automaticamente com as soluções de Suprimentos e Contas a Pagar.
  • As mudanças realizadas pelo sistema geram benefícios para todo o negócio, como:
    • redução dos custos;
    • agilidade nos processos;
    • clareza e objetividade para tomadas de decisões;
    • melhor atendimento ao cliente e vantagem competitiva.

Parceria de Teknisa e Rede Giraffas

Conclusão

É fundamental garantir a avaliação e qualificação de fornecedores, bem como boas práticas de gestão, como o cumprimento de prazos de entrega e qualidade do atendimento, para que tudo esteja adequado aos códigos e valores do negócio. 

A qualificação do fornecedor pode ser vista como uma ferramenta de avaliação de riscos e deve fornecer um nível adequado de confiança em que fornecedores, vendedores e  contratados possam fornecer qualidade nos materiais, componentes e serviços, em conformidade com os requisitos regulamentares. 

O processo integrado de qualificação de fornecedores também deve identificar e reduzir os riscos associados aos produtos e serviços oferecidos.

Ter uma qualificação de fornecedores eficaz envolve muito trabalho administrativo, armazenamento e controle de documentos e envolvimento constante com todos os seus fornecedores para obter as informações necessárias. 

E para seguir toda essa jornada você pode (e deve!) contar com a Teknisa. Nós atuamos há quase 30 anos no mercado e oferecemos soluções que vão potencializar o seu negócio. Os grandes players do mercado já usam o nosso sistema. 

E você? Que tal experimentar um novo jeito de fazer gestão? Com o  sistema de gestão Odhen by Teknisa fica simples e ágil garantir bons resultados. 

Entre em contato com a gente!

Além disso, foram desenvolvidas nas plataformas web e mobile, promovendo a assertividade e agilidade na tomada de decisão. Os sistemas Teknisa, combinados a boas práticas de gestão, promovem ganhos de produtividade e rentabilidade à sua empresa, garantindo uma gestão completa que vai da produção às vendas.

Ficou interessado em saber mais sobre o assunto?
Então não deixe de entrar em contato com um de nossos consultores.
O bate-papo é sem compromisso! :)