Nos Estados Unidos mais da metade dos executivos já apostam em soluções em nuvem para tornar mais seguros seus Bancos de Dados.

Uma pesquisa divulgada no portal iMasters, realizada com 500 executivos da área de TI de empresas dos EUA, apontou a importância que as empresas tem dado a computação em nuvem. Dos entrevistados, 76% já utilizam essa tecnologia de armazenamento ou pretendem investir em serviços do setor ainda este ano.

Entre os motivos que levam as empresas americanas a optarem pela computação em nuvem estão as ameaças a segurança e os desastres causados pela natureza. 63% dos CIO’s mencionaram que a principal ameaça de 2013 era a violação a segurança. O impacto causado pelo crescente uso de aparelhos e redes de celulares foi apontado por 84% dos executivos como fator decisivo para a implantação deste novo modelo de armazenagem.

Apesar do mercado deixar claro esta tendência, algumas adaptações na cultura dos departamentos de T.I precisam ocorrer. Uma pesquisa divulgada no portal CIO revela alguns erros que devem ser evitados pelas empresas na hora de migrar para a nuvem, como a falta de planejamento de segurança, governança e conformidades. É importante investigar assuntos como legislações a respeito das informações que estarão na nuvem, prevenindo-se de ser pego em uma auditoria futura.

A publicação revela que as empresas devem trabalhar em Tier II ou III na aplicação inicial ou projeto de migração de dados, para que qualquer problema com relação a desempenho, segurança ou integração, seja capaz de ser recuperado. Pensando no bem-estar do cliente, a Pebbian tem todas as informações de seu sistema concentradas em Data Centers que seguem as recomendações Tier III.

Ao utilizar a computação em nuvem, a Pebbian oferece maior segurança aos clientes nos seus processos e aplicações, facilitando a integração e o controle gerencial. As empresas passam a contar com maior sigilo de informações, confiabilidade dos dados e autonomia no uso das soluções Pebbian.