Qual o diferencial de mercado mais importante para gestores food service?

Prefere áudio? Então clique e ouça este artigo

A sua empresa possui um diferencial de mercado? Essa é a primeira pergunta que muitos gestores já podem ter ouvido em algum momento. E o questionamento é coerente, uma vez que revela um comportamento já esperado por um cenário altamente competitivo, em que as ideias devem se sobressair aos concorrentes.

Quando falamos de empresas food service, a situação não é diferente. Gestores têm apostado cada dia mais em experiências diferenciadas, como forma de atrair e fidelizar seus clientes.

Diante deste cenário, são várias as estratégias surgidas. E você, enquanto gestor(a), que tipo de posicionamento tem adotado? Seu estabelecimento food service se encontra projetado corretamente? Existe, de fato, um diferencial de mercado para atuar no food service?

No texto de hoje, vamos debater alguns tópicos ressaltados por gestores da área, que destacam pontos importantes no momento de tornar o seu empreendimento único. Acompanhe a leitura! 🙂

Investir em experiências é sempre uma opção

Por meio da pesquisa Cenário Food Service 2018, aplicada pela Teknisa, foi possível obter algumas respostas de gestores. Principalmente quando dialogamos sobre o mercado de alimentação fora do lar e suas tendências.

É claro que uma das perguntas realizadas abordou o tema diferencial de mercado. Mas, afinal, para os participantes, quais fatores foram destacados? O que é mais importante na hora de tornar o negócio único e ainda se posicionar à frente da concorrência? Vamos descobrir.

Um dos principais pontos foi o atendimento diferenciado. Quando dialogamos sobre este tópico, é impossível não associar esta ideia à um investimento sobre a experiência dos consumidores. Até porque é no atendimento que tudo se inicia, correto? Então, investir neste processo é essencial até mesmo para a longevidade da empresa.

No cenário atual, estamos lidando com clientes cada vez mais exigentes; sobretudo com o atendimento prestado. De acordo com a pesquisa realizada pela ThinkJar, 66% dos consumidores deixam de seguir uma marca, a trocam, por conta de um atendimento ruim. Por isso, de acordo com a Pesquisa Food Service 2018, os gestores, em boa parte (47,4%), estão inclinados em proporcionar um atendimento diferenciado. Esse processo nada mais é do que propor uma experiência única aos clientes.

Dados levantados pela Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC) revelam que jovens e adultos entre 16 e 34 anos estão dispostos a arcar por uma boa experiência de compra. Você sabia, inclusive, que 37% deles não possui pretensão de economizar durante este processo?

As informações só comprovam que o perfil dos consumidores mudaram (mudou). Dessa forma, a atenção à experiência no atendimento é um ponto-chave para a fidelização dos consumidores. Investir neste diferencial de mercado para o food service é importante!

Qualidade na entrega dos produtos e serviços

Já que ainda estamos falando sobre experiência do consumidor, é indispensável dialogarmos sobre outro ponto citado pelos participantes da pesquisa: o aprimoramento da qualidade do produto final.

Se seu estabelecimento food service propõe a entrega de mercadorias ou serviços com algum diferencial, é natural que este fator também surja como ponto-chave.

Tão importante quanto apostar em um atendimento otimizado, é investir na qualidade do produto. É uma ação que gera um diferencial de mercado; que também consiste em aprimorar a experiência dos consumidores.

Você sabia que o Brasil representa uma fatia de 12% dos empreendedores que afirmam oferecer um novo produto aos clientes? Tomando como base o tema aqui tratado, diferencial de mercado de food service, é correto afirmar que você, enquanto gestor(a), faz parte dessa porcentagem?

As empresas de alimentação fora do lar, por sua vez, também têm investido em outras possibilidades para aumentar a performance e o ganho de produtividade, adotando técnicas cada vez mais avançadas de congelamento e regeneração de alimentos, por exemplo. (Cook Chill, Sous Vide, etc).

Matéria-prima e diferenciais tecnológicos

A busca pela matéria-prima para a produção de alimentos mais em conta também foi apontada pelos participantes como um tipo de diferencial de mercado de food service. A estratégia, em longo prazo, prevê a redução de gastos, além de otimizar a produção nas cozinhas.

Para os gestores, a iniciativa permite um controle financeiro mais simplificado. Se há economia em matéria-prima, boa parte dos gastos poderá ser direcionada à experiência dos consumidores como um todo. Seja o atendimento ou na qualidade da entrega final dos produtos.

Além disso, boa parte dos gestores de food service têm optado por direcionar suas estratégias por meio de recursos tecnológicos, como aplicativos, por exemplo. Ferramentas que contemplam desde o atendimento até a performance da equipe da cozinha, e que também reduzem a mão de obra, outro ponto de diferencial de mercado ressaltado pelos participantes da pesquisa Cenário Food Service 2018.

No caso de um restaurante corporativo, pode-se contar com aplicativos, por exemplo, que permitem que os consumidores agendem e recebam com mais praticidade os pedidos de refeições em suas estações de trabalho.

Esta opção mantém, sim, a satisfação dos clientes que consomem alimentos; além de contribuir para um fluxo mais eficiente da produção na cozinha. Vale lembrar que, apesar de os aplicativos surgirem como ferramentas facilitadoras, é necessário que os gestores de food service tenham em mente os processos bem amarrados para que a automatização seja ainda mais assertiva.

O importante é o diferencial que aprimora o mercado de food service!

Mais importante que se ater a um diferencial de mercado, é também se preocupar com as boas práticas na produção de refeições. É caso de direcionar estratégias a questões como a redução de sobra limpa e resto ingesta, além de realização da produção cadenciada.

Preocupar-se com a sustentabilidade também é crucial até mesmo pela longevidade da empresa food service. Reduzir o desperdício de alimentos e investir em cardápios mais saudáveis geram benefícios em curto e em longo prazo.

O ideal, então, é unir todos os diferenciais deste mercado de alimentação fora do lar buscando por melhorias em nível mais abrangente, aprimorando ainda mais o cenário food service.

E você, o que achou? Acredita que os diferenciais de mercado possam ajudar a sua empresa o seu restaurante corporativo de alguma forma? Já começou a investir em pontos de melhoria? Não deixe de comentar conosco! 🙂

2018-12-07T10:19:08+00:0023 de julho, 2018|Gestão em Alimentação|

Deixar um comentário

9 − 5 =