Como a automação comercial pode empoderar os meus clientes?

Não é nenhum segredo que o comportamento dos consumidores, de uns tempos pra cá, mudou. E é claro que fatores como mais acesso à tecnologia, o aumento do poder de compra e os novos perfis de consumo contribuíram para este novo panorama do mercado.

Hoje, os consumidores assumem uma postura mais antenada em relação ao que lhes são oferecidos. Dessa forma, a publicidade propriamente dita, já não é o bastante para convencer uma pessoa a adquirir um produto ou um serviço.

O autor Philip Kotler, em seu livro, Marketing 4.0, reforça o argumento de que o perfil dos consumidores mudou, afirmando que: “(…) o peso da conformidade social está aumentando de forma generalizada. Os consumidores se importam cada vez mais com as opiniões dos outros.”.

Ou seja, antes mesmo do início de sua jornada de compra, um indivíduo, ainda que movido pelo desejo de uma compra superficial, fará uma ampla pesquisa e dará muito mais importância ao que os outros consumidores estão falando sobre determinado produto do que ao discurso da empresa que comercializa a mercadoria ou serviço.

Em decorrência de tamanha mudança, o mercado se viu diante de um grande desafio: como suprir as expectativas de uma clientela cada vez mais exigente?

Visto que os consumidores estão mais ativos frente ao processo de compra, estabelecimento de food service têm adotado estratégias para, não apenas garantir um serviço de qualidade, mas também fidelizá-los em clientes.

Mas, existe alguma forma dos gestores se posicionarem para garantir a efetividade do atendimento? Continue nos acompanhando!

Como a automação comercial pode me ajudar a empoderar clientes?

Você já ouviu falar na palavra “empoderamento”?
Como o próprio nome já diz, o termo sugere dar poder, voz ativa ou equidade aos indivíduos. Recentemente, temos escutado bastante essa palavra, principalmente em contextos político-sociais, em que as minorias são protagonistas na incessante luta por direitos iguais.

No entanto, mais que entender do que se trata o empoderamento, é colocar em prática alguns ensinamentos que o termo traz consigo. Principalmente valores referentes a dar o poder de voz ativa à uma pessoa.

Sendo assim, por que não empoderar os seus consumidores em seu estabelecimento de food service?

Mas, você pode estar se perguntando: como soluções tecnológicas podem estar relacionadas a este tipo de ação?

Fácil. Se você investe em estratégias e tecnologias que contemplem os clientes e tornem sua experiência ainda mais positiva, já pode estar agindo em prol da causa. E, se está disposto a ouvi-los, mais ainda.

Desse modo, vamos entender como, por meio de soluções de automação comercial, é possível investir no empoderamento dos seus clientes. Continue acompanhando! 🙂

Empodere com o autoatendimento

É sabido que terminais de autoatendimento têm estado cada vez mais presentes em estabelecimentos de alimentação fora do lar.

Você sabia 60% dos consumidores pretendem utilizar a tecnologia de autoatendimento nos próximos três anos? Esse dado é interessante e nos revela um pouco mais sobre para onde o mercado está se projetando.

Sendo assim, por que não investir em um aplicativo de autoatendimento para que o próprio cliente possa gerir os seus pedidos?

Dar oportunidade para que os seus clientes possam realizar seu pedido utilizando o smartphone é uma forma de empoderá-los.

Além disso, você, gestor, reduz custos e otimiza o atendimento, tornando-o mais ágil e assertivo. Ideal para garantir o alto índice de satisfação da clientela.

Empodere com acesso prático e pesquisas de satisfação

Apostar em aplicativos e sites de delivery também é outro viés para empoderar seus clientes.

Dispondo seu cardápio digital para o fácil acesso por meio de dispositivos móveis, você também auxilia os consumidores a personalizarem seus pedidos de acordo com suas preferências. Esse tipo de experiência, atualmente, pode ser um fator determinante para que o cliente opte pelo seu bar, restaurante ou lanchonete.

Além disso, você também pode disponibilizar uma pesquisa de satisfação para que o consumidor avalie a experiência. Por meio de feedbacks sobre o atendimento, o gestor terá ciência do que deverá ser mantido ou modificado.

Assim, você dá voz aos seus clientes e torna os processos mais apurados para uma experiência positiva.

Empodere com rapidez na entrega e qualidade

Outra opção de automação comercial para se investir é o KDS (System Display Kitchen), que padroniza a produção, possibilitando entregas em menor tempo.

Implementar a tecnologia na sua empresa otimiza sua operação, aumentando a performance do seu estabelecimento em até 50%. Por meio do sistema, o atendente já envia o pedido da mesa diretamente para a cozinha, agilizando o preparo e evitando erros que ocasionam em transtornos e até desperdícios.

Vale lembrar que mesmo havendo alteração ou cancelamento de pedidos, a ferramenta KDS atualiza os status em tempo real, contribuindo para mais assertividade na produção.

Então, se o seu cliente desejar personalizar seu pedido, é possível realizar isso de forma automática, aumentando seu grau de satisfação com seu bar, restaurante ou lanchonete.

Atente-se ao atendimento!

Seja qual for a estratégia utilizada, tenha em mente que suprir as expectativas de seus clientes é o principal objetivo.

Você pode empoderá-los de diversas formas, desde que ceda espaço para que eles sejam ouvidos e, assim, valorizados. Por isso, atente-se aos feedbacks e se oriente sobre processos para aprimorar ainda mais o atendimento.

Quer saber mais sobre as nossas soluções em automação comercial? Entre em contato com um de nossos consultores e fique por dentro!

Curtiu o texto? Não deixe de comentar e compartilhar em suas redes sociais! 🙂

2018-11-06T16:31:41+00:0026 de outubro, 2018|Automação Comercial|

Deixar um comentário

1 × quatro =