O que é mais importante na hora de fidelizar o cliente?

Fidelizar o cliente, se não é a principal meta dos gestores, é uma das mais importantes. Independente do cenário em que dialogamos sobre, muito se debate sobre as estratégias para converter consumidores em fregueses.

Mais que consumidores assíduos, a fidelização também consiste em clientes satisfeitos, que colaboram com a divulgação do produto ou serviço oferecido por uma empresa. É o que chamamos de publicidade “boca a boca”, apontada como uma das mais eficazes.

No entanto, sob a ótica dos gestores, quais medidas são mais adotadas no momento de fidelizar o cliente? Quais as estratégias mais coerentes com o mercado food service? Há uma lógica por trás de cada processo aplicado nos restaurantes corporativos?

Acompanhe e nosso post para descobrir! 🙂

Qualidade do produto ou do atendimento?

Tomando como base a pesquisa Cenário Food Service 2018, aplicada pela Teknisa, é possível compreender, em nível de mercado, o posicionamento dos gestores neste cenário.

Quando perguntamos aos entrevistados, o que você acha principal para fidelizar o cliente, algumas respostas foram evidenciadas.

Boa parte dos gestores que responderam à pesquisa afirmaram que, em um restaurante, o mais importante é a qualidade das refeições. A maioria se posicionou dessa forma, sendo 47,4% da porcentagem participante.

Esse dado, apesar de parecer óbvio, reforça que a preocupação com a qualidade dos alimentos servidos é muito relevante. Portanto, para a maioria dos entrevistados, as refeições, quando bem preparadas, auxiliam no processo de fidelização dos consumidores.

Outro fator muito importante, citado por boa parte dos entrevistados, é o atendimento. Com 36,8% de votos, o segmento foi o “vice-campeão” quando o assunto é fidelizar o cliente.

É sabido que o atendimento é a porta de entrada para qualquer negócio, a independer do cenário trabalhado. Em um restaurante, por exemplo, um bom trabalho por parte dos atendentes pode trazer resultados positivos ao estabelecimento como um todo.

De acordo com um estudo levantado pela New Voice Media, ficou provado que 50% dos consumidores voltam a utilizar produtos ou serviços de uma empresa, mais de uma vez, após uma experiência de atendimento positiva. Por isso, a preocupação dos gestores com este segmento é, no mínimo, coerente quando falamos de mercado.

Agilidade no serviço e preços diferenciados

Outro fator destacado pelos gestores entrevistados para fidelizar o cliente diz respeito a valores. Consegue adivinhar do que estamos falando? Sim! Do preço.

Apontado pela fatia correspondente a 7% dos participantes, o valor das refeições cobrados em um restaurante também são agravantes no processo de fidelização.

É natural que os consumidores procurem por opções com o melhor custo-benefício, por isso, investir em preços diferenciados pode garantir a continuidade e satisfação dos clientes para com o restaurante. Pratos econômicos ou combos são uma boa pedida para garantir uma refeição menos dispendiosa.

A agilidade do serviço também foi ressaltada por gestores como um fator determinante para fidelizar o cliente. De acordo com a pesquisa Cenário Food Service 2018, 3,5% dos entrevistados acredita que a rapidez na entrega contribui para clientes mais satisfeitos. E, em se tratando de um restaurante corporativo, por exemplo, quanto menos o tempo de espera para comer, melhor. Dessa forma, são evitadas frustrações e possíveis transtornos durante o atendimento.

Ser fiel é ser sustentável

Por último, embora não menos importante, as iniciativas sustentáveis também têm sido o foco dos gestores para fidelizar o cliente.

Vivendo em um contexto em que os consumidores, cada vez mais exigentes, demandam por produtos que contribuem para o bem-estar ecológico, é coerente que as empresas adotem um posicionamento sobre esta questão. Ao menos é o que foi evidenciado por 5,3% dos entrevistados da pesquisa Cenário Food Service 2018.

A iniciativa de ser sustentável é uma proposta que afeta diretamente os estabelecimentos de alimentação fora do lar, e traz à tona uma tendência já levantada há alguns anos: como evitar que questões, como o desperdício, por exemplo, permaneça colocando em risco os ecossistemas?

Sendo assim, o cenário food service volta a se projetar a um âmbito cada vez mais focado em iniciativas sustentáveis, que deverão partir, primeiramente, das empresas e grandes indústrias.

Os consumidores, por sua vez, serão fiéis ao empreendimento, principalmente sabendo que não estão agredindo o meio ambiente de alguma forma, além de contribuírem para a sustentabilidade do planeta como um todo.

O importante é balancear a equação!

As estratégias dos gestores consistem, em sua maioria, oferecer um produto de qualidade, além de um atendimento eficaz, que garanta satisfação e agilidade na entrega das refeições.

Entretanto, em nível de mercado, é essencial que os gestores; tendo em mente o que cada um crê ser mais importante para fidelizar o cliente; consiga trabalhar cada segmento com excelência visando proporcionar uma experiência positiva aos potenciais clientes.

No entanto; você; enquanto gestor(a); tem encontrado alguma dificuldade em lidar com algum destes segmentos? Talvez seja o momento de contar com serviços terceirizados para uma orientação assertiva.

Por isso, não deixe de entrar em contato com um de nossos consultores e comentar, aqui na postagem, se o texto lhe ajudou de alguma forma. Queremos saber a sua opinião! 🙂

2018-12-07T10:19:15+00:0016 de julho, 2018|Consultoria e Serviços|

Deixar um comentário

dezessete + treze =