Teknisa://5 dicas para otimizar a comunicação entre Franqueador e Franqueado

5 dicas para otimizar a comunicação entre Franqueador e Franqueado

Otimizar a comunicação entre franqueador e franqueado é um procedimento fundamental para uma rede de sucesso. Essa troca de informações é crucial, devido ao fato de contribuir para o engajamento entre ambos, proporcionando o aprimoramento do serviço prestado e também da oferta de produtos.

Erick Vaz de Lima, diretor executivo da marca Vazoli Franchising, afirma: “Com esse diálogo fica mais fácil criar estratégias de atuação e ações para a marca, por isso além de incentivarmos a troca diária de mensagens entre franqueados, uma vez no ano promovemos uma conferência para estreitar esse relacionamento”.

Entendemos que um meio viável, no qual vamos dialogar com mais detalhes em breve, é a implantação de softwares como auxílio de gestão. Afinal, uma vez que cada loja possui um software distinto, por exemplo, a rede geralmente perde a qualidade de informação e tempo.

Portanto, comunicar-se com uma língua diferente, é um atributo que traz muitos riscos, tanto para o franqueador quanto para o franqueado.

Numa pesquisa feita pela ABF, Associação Brasileira de Franchising, que busca analisar o desempenho no setor de franquias do país, foi indicado um aumento de 8% no faturamento em bilhões no ano de 2017; comparando-se a 2016.

Como já vimos nesse post, existem vários motivos benéficos para investir em franquias. Uma delas, é devido sua característica em abranger diversos segmentos, como: food service, cosméticos, perfumaria, automotivo, entre outros.

Dessa maneira, o gestor que almeja abrir seu próprio negócio, avista uma oportunidade de ouro para começar, o quanto antes, a investir.

A seguir, vamos listar 5 dicas para otimizar a comunicação entre franqueador e franqueado de modo a gerar melhorias significativas. Vamos lá?

1 – Mantenha o contato

Cesar Romero, franqueado da marca Vazoli, conta um pouco sobre os ótimos benefícios que obteve ao manter contato com a franqueadora: “Ajuda muito essa comunicação. Já recebi dicas estratégicas que foram fundamentais para o meu negócio como, por exemplo, a maneira de agir, como atuar nos órgãos e até mesmo na resolução de problemas nos sistemas dos bancos”

Visto que muitas redes têm unidades espalhadas por todo Brasil, os canais digitais facilitam muito a troca de informações, além de tornar esse processo mais prático e flexível. Compartilhar dúvidas e experiências são fatores importantes; pois é um grande apoio às estratégias de redes de franquia e um alicerce eficiente para que tudo se mantenha alinhado e de acordo com o planejado.

2 – Identifique os melhores canais

Embora manter o contato seja muito importante, de nada adianta mandar uma newsletter mensal e ser ignorado em seguida. Por isso, é de suma importância que o franqueador se preocupe em identificar os melhores canais, garantindo que a mensagem chegue até seus franqueados, ou seja, um canal que realmente funcione para eles.

Entretanto, há inúmeras possibilidades no mercado. Para mensagens urgentes, por exemplo, um SMS ou WhatsApp pode ser útil; pois comunica de maneira rápida e direta. Já o formato em vídeo, se adequa na apresentação de novos produtos ou até mesmo grandes anúncios.

Lembrando que o objetivo nesse caso, é identificar qual meio de comunicação é acessado com mais frequência pelos franqueados, seja um fórum de discussão, grupo do Facebook, etc.

Uma longa mensagem de e-mail pode passar despercebida por muitas pessoas, afinal, nem todos dispõem-se de tempo para checar a caixa de entrada. Portanto, é necessário estar atento a esses imprevistos.

Tamara Kennedy, franqueadora de nove unidades da rede Taco John’s, conta que recebe inúmeros manuais periódicos da sua rede, e alguns chegam ter até 30 páginas. “É preciso ler boa parte do manual para saber que haverá uma promoção especial. Na Black Friday, por exemplo, alguns franqueados não se prepararam para a promoção programada pela marca porque nem sequer leram essa página do material” disse, Tamara.

3 – Invista em processos automatizados

É sabido que a metodologia por trás da automatização de franquias, passa pelo COF (Circular de oferta de franquia): conhecido como um documento padrão, criado para que as franquias tivessem um conjunto de regras e informações comerciais, jurídicas e financeiras que percorressem desde o uniforme do funcionário até o uso dos softwares.

O auxílio da tecnologia é responsável por otimizar o tempo de muitas tarefas de uma organização. E durante a comunicação entre franqueador e franqueado, não é diferente. Processos automatizados evitam perda de tempo, além de ajudar na padronização da franquia, garantindo mais segurança e lucratividade.

Desse modo, o processo automatizado junto à comunicação, é um artifício essencial para execução de estratégias. Nesse cenário, é indispensável que o contato seja prático e eficiente – portanto, um software funcional se torna cada vez mais vantajoso; pois é possível: acompanhar as demandas dos franqueadores, atualizar e potencializar o suporte à rede de uma forma mais flexível.

Com o uso de um único software, as informações, desde o controle dos royalties até o ticket médio, tornam-se centralizadas e, consequentemente, os processos ficam mais apurados.

4 – Alinhe as informações

É essencial que os franqueados estejam preparados para solucionar diferentes situações; de acordo com a empresa franqueadora. Para isso, invista em um bom treinamento, esteja disposto a solucionar dúvidas e oferecer um suporte contínuo, evitando assim, erros futuros.

Conforme a revista PEGN, apontada na 56ª Convenção da IFA, International Franchise Association, em Santo Antonio, no Texas, caso uma crise aconteça a comunicação entre franqueador e franqueado precisa estar precisamente alinhada.

James Satterfield, presidente da consultoria em gestão de crises Firestorm, afirma que “Quando os jornalistas chegam, a pessoa que está atrás do balcão da loja é quem vai falar com eles”

5 – Seja participativo!

É notório que a boa comunicação tem grande importância na organização de uma empresa. Uma forma viável de gerar mais engajamento, é dispor de estratégias como: realizar eventos internos, comitês e convenções presenciais.

Ainda assim, é necessário que o planejamento para essas ações estejam alinhadas conforme as vertentes da rede de franquias. Dessa forma, é possível colher feedbacks dos franqueados, sugestões, críticas e demais perspectivas que promovem a troca de informações e futuras estratégias a serem executadas.

Esse conteúdo foi útil para você? Não deixe de comentar e divulgar nas redes sociais 😉

2018-08-13T14:04:52+00:006 de junho, 2018|Franquias|

Deixar um comentário

7 − 2 =