Quando pensamos em uma empresa, é comum visualizarmos uma construção física, segmentada em diversos setores estrategicamente organizados em uma hierarquia. Certo? Mas, e quando você ouve a palavra “escola”, o que lhe vem à mente? Provavelmente uma casa, ou edifício, com várias salas de aula, diretoria, biblioteca, secretaria e cantina, onde é servida a merenda escolar. Se não é exatamente assim, é algo do tipo. Mas, nesse cenário, vamos parar e pensar um pouco sobre uma estrutura indispensável à instituição de ensino: a cantina.

Em uma escola, ou colégio, o gerenciamento é indispensável para que todos os processos estejam alinhados. Desde os dados do corpo docente, do discente, até o registro de livros e materiais na secretaria. É importante que todos os fluxos se encontrem organizados para facilitar sua gestão. Contudo, você já parou para pensar que os alimentos servidos nos refeitórios também necessitam ser gerenciados? Assim como uma controladoria, por assim dizer.

No fim das contas, mais que obter um número exato da quantidade a ser adquirida, é poder se assegurar da procedência dos mesmos. E, para isso, também é possível contar com o auxílio da tecnologia. Ferramentas digitais abrangem os mais diversos segmentos, e a gestão da merenda escolar é um deles. Como gestor ou coordenador, é muito importante saber que as plataformas tecnológicas são de grande valia, já que tornam o fluxo interno mais assertivo.

Ainda está indeciso(a) quanto à adesão? Confira alguns motivos para adotar o software de gestão da merenda escolar. Acompanhe-nos!

Gestão de merenda escolar

1. Planejamento assertivo

Com o software de gestão da merenda escolar é possível, não apenas armazenar, como gerenciar dados relevantes. A viabilização de registros permite um planejamento mais assertivo. Opções como a padronização de receitas, além dos relatórios comparativos, são alguns exemplos. Poder centralizar as informações também facilita o acesso a dados como previsão de consumo e necessidade de compras, que contribui para uma gestão mais eficaz.

2. Controle do estoque e compras mais acessíveis

Ter acesso ao estoque de forma prática e centralizada é mais uma importante vantagem da adoção do software. A disposição de dados facilita a montagem dos cardápios, auxiliando também na consulta da procedência dos alimentos. Averiguar se o controle nutricional atende às regras do PNAE, é um grande diferencial. Além disso, evita-se o risco, tanto de escassez, quando de desperdício.

3. Identificação e prevenção

O acesso aos variados dados permite uma visão mais abrangente da gestão. Dessa forma, é possível identificar – e evitar – possíveis cenários. É o caso do desperdício de alimentos, por exemplo, que pode ser facilmente mensurado por meio da ferramenta (controle do estoque). Além disso, a consulta aos dados permite a análise dos valores nutricionais dos alimentos, impedindo o consumo inadequado, evitando assim, problemas como a obesidade.

4. Otimização da gestão

O software de gestão da merenda escolar viabiliza um controle mais acessível da instituição. Poder contar com uma versão mobile da ferramenta, permite que os gestores e/ou responsáveis acompanhem todos os processos em tempo real. Independente de onde estejam, é possível ter acesso aos dados e controle das merendas, entre outros registros de maior importância. Praticidade que otimiza ainda mais o fluxo.

Conclusão

No texto, foram apresentadas algumas das inúmeras vantagens que o software de gestão pode agregar às instituições de ensino. Optar pela adoção da ferramenta digital traz vários benefícios, não apenas aos gestores, mas também aos colaboradores e alunos. Modernizar a escola é aprimorar o seu funcionamento, além de garantir melhores resultados em vários âmbitos.

Como gestor, você acredita que a opção pelo software de gestão deve ser considerada? Pensa que os resultados são satisfatórios? Há mais eficácia nos processos internos? Não deixe de comentar! 🙂