Quais são os grandes desafios na gestão de estoque de um restaurante?

Para você, a gestão de estoque é uma das tarefas mais complicadas de se fazer em um restaurante? Caso sua resposta seja afirmativa, saiba que não está sozinho.

Muitos gestores pensam que se atentar ao controle de estoque pode significar um grande gasto de tempo e de energia. Até porque, são vários os detalhes que necessitam de atenção para que tudo saia conforme o planejado.

Seja se atentar aos prazos, à quantidade de produtos para compra e até à validade dos mesmos, cada etapa consiste em um desafio. E os gestores, assim como você, buscam por soluções para otimizar os processos, evitando assim, a má gestão e o prejuízo financeiro.

No post de hoje, vamos debater alguns dos principais desafios referentes à gestão de estoque. Como você poderá resolvê-los também estará descrito no conteúdo. Por isso, atente-se às sugestões e invista em soluções práticas.

Continue acompanhando para saber mais! 🙂

Você está atento às boas práticas de gestão?

Apesar do planejamento inicial, são os detalhes que fazem diferença e que caracterizam as boas práticas da gestão. E, no caso do controle de estoque, o cenário não é diferente.

Sabemos que são várias as movimentações que os gestores devem se atentar. É o caso das rotinas do inventário de estoque, por exemplo, que podem demandar muito tempo para serem realizadas.

O mesmo vale para as informações referentes aos produtos, como é o caso do prazo de validade que podem ocasionar o desperdício e, consequentemente, prejuízo financeiro à sua empresa.

Diante disso, você está a par dos principais desafios do estoque de produtos para restaurantes? Vamos enumerar alguns logo abaixo. Acompanhe! 🙂

Evitar compras para mais ou para menos

O desafio inicial talvez seja o maior de todos eles. O planejamento de compras, que deve ser alinhado com o orçamento, que por sua vez, precisa ser condizente com a real necessidade do estoque da empresa.

Sendo assim, muitos gestores se veem diante de um desafio: como calcular a real necessidade de compras sem comprometer o financeiro da organização?

O ideal aqui é ter em mente que o controle deve ser realizado de forma sistêmica. Isto é, por etapas. Dessa forma, o ideal é possui o histórico de compras, que permite a avaliação do que foi adquirido, por qual valor e se a quantidade foi coerente com o que o restaurante necessita para atender seus clientes.

Sabendo de todas essas informações, é possível trabalhar com projeções mais apuradas, facilitando o processo de compra. Assim, o gestor evita compras para mais (que podem ocasionar perdas futuras) ou para menos (gerando transtornos no atendimento do restaurante).

Estar atento às variações nos impostos

É sabido que os impostos sofrem variações, que por sua vez influenciam no custo líquido das mercadorias.

Por isso, os gestores devem estar sempre atentos quanto a valores para que o planejamento de estoque não seja prejudicado.

Assim, o ideal é que o gestor otimize o processo contanto com um software de gestão de estoque, que permite a visualização de cada imposto.

A par dos custos, os responsáveis poderão estabelecer um comparativo entre os fornecedores, e realizar compras com mais segurança. Ideal para a economia do restaurante de forma geral.

CTA ebook como reduzir desperdício em restaurante

Alinhar prazos com fornecedores

Lidar com fornecedores é essencial para a gestão de estoque. Muitos gestores, inclusive, têm dificuldade em lidar com detalhes como quantidade mínimo de um pedido e até negociação de preços e prazos.

Fazendo uso de uma tecnologia adequada para gestão de estoque, é possível centralizar todos os fornecedores em uma plataforma, facilitando o comparativo entre custos e datas de entregas das mercadorias.

Na hora da negociação, é imprescindível se atentar a detalhes para que o gestor não saia prejudicado. Para evitar retrabalho, otimize o processo e centralize todos os contatos em uma única ferramenta de gestão!

Controlar e se atentar ao prazo de validade dos produtos

Mais importante que a compra propriamente dita, é garantir que o armazenamento adequado dos produtos. Em um restaurante, são várias as mercadorias que devem ser adquiridas e conservadas em um refrigerador, por exemplo.

Diante da necessidade do controle de matérias-primas e de produtos finais, é essencial que os gestores possam contar, mais uma vez, com a tecnologia para otimizar esse processo.

Investir em um software de gestão de estoque garante o ágil acesso a informações sobre, não apenas o prazo de entrega das mercadorias, como também o prazo de validade das mesmas. Assim, o gestor poderá realizar uma gestão mais eficaz dos produtos, dando saída àqueles próximos da perda, por exemplo, evitando o desperdício.

Para todos os desafios de gestão de estoque, existe uma solução

Em textos anteriores, ressaltamos como a tecnologia é uma aliada essencial a qualquer empresa. Principalmente se o objetivo for automatizar processos, potencializar o desempenho da equipe e sair à frente da concorrência.

Investir em um software de gestão de estoque permite que os gestores realizem um melhor controle de matérias-primas e de produtos finais, além de tornar a comunicação com os fornecedores mais estratégica.

Vale lembrar que a tecnologia é capaz de aumentar, em até 78%, a performance dos colaboradores. Por isso, invista e obtenha resultados positivos em curto e em longo prazo.

Se você gostou do conteúdo, não deixe de comentar logo abaixo e compartilhar o post em suas redes sociais. Esperamos ter ajudado. Até a próxima! 🙂

Ficou interessado em saber mais sobre o assunto?
Então não deixe de entrar em contato com um de nossos consultores.
O bate-papo é sem compromisso! 🙂

[]
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
2019-04-17T11:28:37-03:005 de abril, 2019|Gestão em Alimentação|

Deixar um comentário

19 − cinco =