Na edição anterior da revista Food Service News, falamos acerca da evolução dos sistemas de compras pela web e os muitos benefícios para a área de alimentação fora do lar. Na ocasião, focamos as vantagens para os compradores. Agora, abordaremos os pontos positivos para os vendedores.

A organização eficiente é uma das garantias de excelência desse tipo de serviço. Isso porque a partir do oferecimento de um controle maior sobre a mercadoria, seus valores e disponibilidade, o vendedor consegue pensar melhores estratégias, que vão de encontro ao cenário que ele tem no momento do negócio. Se o vendedor tem mais domínio sobre o seu estoque e as unidades que o formam, bem como a característica de cada uma, ele se organiza para trabalhar promoções e divulgações que não ultrapassem os limites daquilo que tem a oferecer ao cliente. Com isso, inclusive, ele melhora a agilidade das negociações, uma vez que tem um controle a médio e longo prazo daquilo que possui e vai possuir.

Além do mais, a própria forma de trabalhar os produtos se consolida como estratégica, algo de valor. Deve-se a isso o avanço tecnológico e as múltiplas vantagens decorrentes dele, que são capazes de diminuir as horas de operação e ocupá-las com outras demandas do serviço diário. Assim, vários resultados podem ser alcançados em um tempo menor, aumentando os lucros e fortificando o empreendimento.

É preciso estar atento às mudanças do mercado e, sobretudo, àquilo que consegue reunir, em um só item, grandes e múltiplos benefícios. Sistemas e internet, através de sites de compras, dão ao vendedor uma visibilidade que antes não possuía, alavancando negócios e aumentando a oportunidade de melhores vendas e lucros. Dessa forma, o avanço e o crescimento serão praticamente inevitáveis.

Comunicação para Mercado – Teknisa Software
Artigo de George Lima de Paula publicado na revista Food Service News – 77ª edição