A indústria do varejo está em constante expansão e movimento – adaptando-se às tendências, aprimorando os serviços e investindo cada vez mais em tecnologia. A forma de comprar e os meios de pagamento mudaram e é preciso se adequar a esse novo cenário para ter sucesso nos negócios desse segmento.

Especializada em pesquisas digitais, a Mindminers fez um levantamento que apontou que mais de 90% dos brasileiros já efetuaram pelo menos uma compra em alguma loja virtual. Isso porque, além da digitalização da população, os consumidores têm se sentido mais confortáveis e confiantes em relação à segurança digital.

Outra pesquisa – da Total Retail 2016, da PwC – mostrou que a mudança no comportamento dos brasileiros já pode ser claramente sentida, uma vez que mais de 35% da população afirmou ter o hábito de fazer compras online, enquanto 30,9% declararam que ainda preferem comprar em lojas físicas.

Seguindo esse parâmetro, é possível observar que cada dia mais os consumidores têm dado preferência aos smartphones, usando dispositivos e outros meios digitais para receber e fazer pagamentos. Para atender às expectativas desse público é preciso, mais do que nunca, ficar atento a fatores como agilidade, simplicidade e segurança.

Os dados só confirmam e reforçam a importância de investir em soluções que ofereçam a melhor experiência ao cliente, como fluidez no pagamento – seja presencial ou virtualmente, usando o dispositivo de sua preferência ou fazendo os pedidos on-line e retirando os produtos pessoalmente.

Varejo permite implementar funcionalidades relevantes

As oportunidades são muitas nesse segmento e podem ser exploradas para simplificar os processos tanto nas lojas físicas quanto nas virtuais. Algumas funcionalidades relevantes podem ser implementadas, como atendimento ao consumidor por mensagem instantânea e pagamentos viabilizados por chat.

Também é interessante pensar em maneiras de oferecer benefícios adicionais – como programas de fidelidade ou outras recompensas – que podem fazer toda a diferença no vasto mundo das possibilidades do varejo.