Teknisa://Programa de Fidelidade: 7 ideias para implementar no seu negócio

Programa de Fidelidade: 7 ideias para implementar no seu negócio

O Programa de Fidelidade para cliente é comum nos comércios e nas empresas, se tornando uma poderosa tática na hora de atrair mais clientes para o seu negócio.  Seja através de alguma vantagem adquirida, por meio do acúmulo de pontos ou pela compra de produtos específicos, o cliente pode fazer troca por produtos, viagens, ingressos etc.

Esses serviços são conhecidos como Programas de Fidelidade e têm o objetivo de estimular os consumidores para que comprem ou utilizem algum tipo de serviço de acúmulo de pontos ou, até mesmo, gerar descontos em determinados produtos.

Por meio dos benefícios gerados pelos sistemas de afiliados, os consumidores se sentem mais à vontade para efetuar a compra de algum tipo de produto ou serviço, sabendo que poderá ter algum privilégio no futuro.

Os principais comércios ou empresas do Brasil já aderiram a esse tipo de serviço, mas muitos pequenos empreendedores ainda possuem dúvidas de como implementar esse sistema; ou como isso trará ganhos para o seu comércio.

O benefício para o consumidor é claro: a busca e conquista da recompensa. Mas, para o comerciante ou empresário, quais são as vantagens? Continue nos acompanhando para descobrir. 🙂

Experiência do cliente e bons resultados

Uma pesquisa feita por vários institutos do mundo, e divulgada pela Sebrae, ressalta:

“A maioria dos membros dos programas de fidelidade afirmam que desconto é o benefício mais valorizado, em seguida aparece o reembolso ou devolução de dinheiro.” (Global Nielsen)

Confira outros dados interessantes:

  • Apenas 14% dos programas utilizam a gamificação como estratégia de recompensa para os clientes (Global Nielsen);
  • 10% dos programas oferecem recompensas com base no histórico de compras do cliente;
  • A existência de um programa de fidelidade leva 73% dos usuários a recomendar mais restaurantes (Loyalogy);
  • 60% dos consumidores não completaram uma compra pretendida com base em uma fraca experiência de serviço ao cliente (BI Intelligence).

Dentro desse cenário, percebemos que o Programa de Fidelidade é constantemente utilizando, porém, inexplorado por muitas empresas. Porém, antes de entrarmos nesse ponto, confira algumas vantagens de implementar esse serviço no seu negócio.

Afinal, quais as vantagens do Programa de Fidelidade?

Aumento de consumo: Os Programas de Fidelidade aumentam o consumo em seu estabelecimento, criando novos laços com o consumidor, que dará preferência justamente por saber que receberá algum beneficio.

Utilizar um sistema que permita fazer essas integrações com outros serviços e forneçam alguma vantagem é a chave para que esses serviços possam funcionar. Existem atualmente vários softwares que fazem a integração com sistema de afiliados.

Por isso, na hora de aderir a um sistema, pense na possibilidade de integração.

Programa de Fidelidade é uma oportunidade de negócio, possibilitando futuramente um maior fluxo de clientes. É mais uma estratégia para fidelizar novos consumidores, que se tornam a cada dia mais exigentes.

Clique aqui para saber como aprender com consumidores exigentes.

  • Aumento das vendas: clientes fidelizados compram mais vezes de uma empresa e estão dispostos a pagar mais caro.
    Retenção: uma empresa que não fideliza seus clientes pode perder todos eles se uma nova empresa concorrente começar a competir pelo mesmo nicho de mercado.
  • Informações: clientes fidelizados possuem mais informações sobre a sua empresa, enquanto os clientes não fidelizados, simplesmente deixam de comprar e abandonam a empresa no primeiro sinal de falha.
  • Propaganda: uma das vantagens do Programa de Fidelidade é que os clientes transmitem a ideia de sua empresa e atuam como aceleradores de novos clientes.
  • Custos: o custo para fazer os clientes fidelizados voltarem a comprar é entre cinco e sete vezes menor do que o custo de um novo cliente.
  • Mapeamento: o programa de fidelidade é uma boa ferramenta para seu cliente fornecer os dados cadastrais e você mapear seu histórico de compras e o que necessitam.

7 ideias para implementar um Programa de Fidelidade no seu negócio

1) Programa de ponto simples

Esse método é o mais comum na fidelização de clientes. Os clientes ganham pontos em troca de algum tipo de recompensa. Pode ser um desconto, um brinde ou um tratamento especial. Neste caso, os clientes buscam uma certa quantidade de pontos para resgatar sua recompensa.

Foi anunciado no dia 7 de agosto, pela empresa Nubank, uma parceria com a Cabify (empresa de transportes). Com isso, os consumidores podem acumular pontos no programa Rewards, no qual terão a possibilidade de serem utilizados no valor das corridas. Por exemplo: a cada um real que cliente Nubank gastar com corriddas da Cabify, ele acumulará dois pontos no Rewards. Ou seja, pagando com o Nubank uma corrida de 30 reais, por exemplo, ele acumulará 60 pontos no programa de fidelidade.

Embora um sistema de pontos é a forma mais simples de implementar, não é necessariamente aplicáveis a cada tipo de negócio. Ele funciona melhor para empresas que incentivam compras de curto prazo. A estratégia da Nubank, como citamos acima, atrai no primeiro momento muitos consumidores. No entanto, é necessário investigar mais a fundo se o programa de pontos realmente vale a pena para quem irá utilizá-lo; e se isso vale também para o seu negócio.

2) Programa de níveis de recompensa

Encontrar um equilíbrio entre recompensas alcançáveis e desejáveis é um desafio para a maioria das empresas que criam programas de fidelidade. Neste caso, implemente um sistema hierárquico que recompense a fidelidade inicial e depois incentive mais compras.

Utilize pequenas recompensas na oferta inicial e, em seguida, incentive os clientes, aumentando o valor das recompensas. Isso ajuda no engajamento pois encurta o tempo entre as compras e as gratificações.

A diferença entre o programa de pontos simples e o sistema de níveis é o tempo em que os clientes resgatam a recompensa. Você encontra programas diferenciados que funcionam melhor para “alto compromisso”, as empresas de ponto de preço mais elevado, como companhias aéreas, empresas de hotelaria ou companhias de seguros.

3) Taxa para benefícios VIP

Os programas de fidelidade são feitos para quebrar as barreiras entre os clientes e o seu negócio. Ao identificar os fatores que podem causar perda de consumidores, você pode personalizar um programa de fidelidade com base em taxas para lidar com esses obstáculos específicos.
Ou seja, o cliente VIP paga uma taxa mensal ou anual para ter ofertas exclusivas que o cliente comum não possui como, por exemplo, isenção de frete, clube de compras; dentre outras vantagens.

4) Programas não-monetários

Compreender seu cliente significa entender seus valores e senso de valor. Dependendo de sua empresa, seus clientes podem encontrar mais valor em recompensas não-monetárias.

Embora qualquer organização possa oferecer cupons promocionais e códigos de desconto, você pode fornecer um valor diferente aos consumidores fiéis; como por exemplo, um serviço exclusivo para clientes.

5) Uma parceria com outra empresa

Parcerias estratégicas para a fidelidade do cliente (também conhecido como programas de coalizão) podem ser eficazes para a retenção de clientes e crescimento de sua organização. Qual empresa seria ideal para uma parceria? Mais uma vez, tudo se resume a compreender plenamente os seus clientes e os seus processos de compra.

Por exemplo, se você é gestor de uma empresa de alimentos naturais, é possível fazer uma parceria com um restaurante que oferece uma alimentação mais balanceada e saudável. Quando se fornece a seus clientes algo que é relevante para eles, ele irá ajudá-lo a crescer e atingir os clientes de seus parceiros, também.

6) Faça um jogo

Quem não gosta de um bom game? Transforme o seu programa de fidelidade em um jogo para incentivar os clientes realizarem mais compras. Dependendo do tipo de game que você escolher, poderá ajudar a solidificar a imagem da sua marca.
Se o seu público gosta de ter um pouco de diversão e realiza compras com frequência, este tipo de programa pode fazer o processo de compra divertido e, ao mesmo tempo, envolvente.

7) Elimine o “programa” completamente

Em vez de desenvolver um programa, construa a fidelidade fornecendo aos usuários de primeira viagem benefícios impressionantes com cada compra.

Esta abordagem funciona melhor para empresas que vendem produtos ou serviços exclusivos. Isso não significa necessariamente que você tem a oferecer o menor preço ou a melhor qualidade. Se a sua empresa é pioneira em um novo produto ou serviço, um programa de fidelidade pode não ser a melhor escolha. Os clientes serão fiéis porque há poucas outras opções tão espetaculares como você.

Por exemplo, uma das empresas mais inovadoras nesse tipo de estratégia é a Apple. Mesmo os clientes mais fiéis da Apple não recebem recompensas especiais ou descontos. A Apple “encanta” os clientes, com um produto ou serviço, logo pela primeira vez de uso. “A lealdade é voluntária e de longa duração”, explica Guy Kawasaki, Apple Evangelista.

Um empreendedor tem, pelo menos, dois motivos para querer que os clientes se tornem fiéis seguidores. Primeiro, quem compra sempre geralmente é um consumidor mais rentável do que o que acabou de chegar. Segundo, um cliente satisfeito com um produto ou serviço costuma indicá-lo para outras pessoas.

Para saber um pouco mais por onde começar a criar um programa desse tipo, e que de fato funcione, a Revista Exame criou uma lista com um passo a passo que te ajudará a criar um programa de fidelidade.

Curtiu o conteúdo? Não deixe de comentar e compartilhar em suas redes sociais. 🙂

2018-09-18T14:08:13+00:0014 de setembro, 2018|Automação Comercial|

Deixar um comentário

5 × cinco =