Sistema de Autoatendimento: essencial aos estabelecimentos?

Atualmente, vivemos imersos em uma sociedade permeada pelo constante avanço tecnológico. Quando se trata dos estabelecimentos de fast food, como o próprio termo em inglês sugere: comida rápida, a tecnologia tem que vir para resolver este assunto também de forma eficaz. A resposta para isso pode ser o sistema de autoatendimento. Dessa forma, pressupõe-se que estejamos habituamos com o ritmo acelerado dos processos que nos cercam. Buscamos, então, por opções que facilitem o nosso cotidiano, tornando o nosso dia a dia cada vez mais prático.

Prova disso são algumas ferramentas, como é o caso dos aplicativos, os quais fazemos uso diário. E por que não citar outras opções rotineiras? Os terminais de autoatendimento para bares, restaurantes, lanchonetes etc., disponíveis em aeroportos, cinemas e restaurantes, por exemplo. Provavelmente é uma realidade muito próxima, certo?

Enquanto gestor, ou interessado em empreender, é importante ter em mente as opções, não apenas enquanto usuário individual, mas coletivo. Viabilizar ferramentas tecnológicas aos seus clientes não é apenas tornar a rotina dos mesmos mais prática. É também otimizar os fluxos internos, como o controle de caixa e estoque ou mesmo o atendimento, por exemplo.

Dito isso, partiremos para uma análise de uma tecnologia específica, que tem ganhado cada dia mais mais espaço nos empreendimentos: os sistemas de autoatendimento. Como já dito anteriormente, trata-se de uma realidade próxima, em que o contato provavelmente já foi realizado em algum momento.

Contudo, enquanto gestor, ou interessado, compreende a real importância que a ferramenta pode agregar a um estabelecimento? Acompanhe-nos e descubra!

Sistema de Autoatendimento: novas perspectivas de mercado

Você sabia que 60% dos consumidores pretendem utilizar a tecnologia de autoatendimento? A nível de mercado, a estatística é, no mínimo, significativa. Nos revela, principalmente, sobre o comportamento dos consumidores, que têm prezado por uma experiência tecnológica e diferenciada. Sobretudo aos gestores que prezam pela modernização do estabelecimento, além da otimização dos processos e, mais importante, satisfação dos consumidores.

Como o próprio nome sugere, os sistemas de autoatendimento possibilitam que os clientes façam gestão dos próprios pedidos. Sempre visando a praticidade e a eficácia, que também contribuem para a agilidade dos processos no estabelecimento envolvido.

E por que não analisar os sistemas de autoatendimento como uma opção indispensável enquanto software para restaurantes? Para gestores, a ferramenta viabiliza benefícios ao estabelecimento como um todo. Mas, na prática, como se dá este desdobramento?

Os sistemas de autoatendimento, como softwares para restaurantes, bares ou lanchonetes, agiliza o processo dos pedidos. Dessa forma, a espera para que o atendimento seja feito por colaboradores é reduzida. Assim, o próprio cliente gera a própria demanda, minimizando, também, possíveis equívocos de comunicação entre o atendente e a cozinha, por exemplo.

Com a otimização do atendimento, também reduz-se as filas de espera, que podem ocasionar transtornos aos consumidores. A adoção do sistema para restaurantes permite aos gestores, por sua vez, obter um controle mais apurado das demandas.

As ferramentas de autoatendimento também permitem um serviço mais personalizado aos clientes. Poder especificar detalhes ou preferências torna a experiência ainda mais assertiva.

A mobilidade, viabilizada pelos aplicativos, é outro ponto a favor da gestão do sistema de autoatendimento. Poder gerir os pedidos de qualquer lugar contribui para a exatidão do processo. Para os clientes, possibilita a compra rápida por meio de cartão crédito, permitindo o recebimento do produto em domicílio ou a entrega no estabelecimento físico.

Conclusão

Poder contar com sistemas para restaurantes, bares, lanchonetes ou quaisquer segmentos, contribui positivamente em diversas vertentes. Agilizar o atendimento é apenas um dos vários benefícios agregados pela ferramenta. A melhor parte é que as vantagens são bilaterais, sendo distribuídas entre gestores e clientes. Dessa forma, ambos saem à frente.

Estar inteirado quanto às ferramentas tecnológicas é garantir a longevidade do empreendimento, além de associar um diferencial à empresa perante o mercado. A adoção de ferramentas tecnológica, todavia, deverá ser feito por intermédio de uma empresa com expertise de mercado. Por isso, é importante pesquisar por boas referências antes de optar pela ferramenta em questão.

E você, pensa que o sistema de autoatendimento é essencial aos estabelecimentos? Acredita em seus benefícios? Não deixe de comentar! 🙂

2018-09-13T17:02:55+00:0026 de fevereiro, 2018|Automação Comercial|

Deixar um comentário

4 × 5 =