Teknisa://Sistemas de venda no comércio da Páscoa: como se posicionar?

Sistemas de venda no comércio da Páscoa: como se posicionar?

 

A Páscoa está chegando! E, dadas as circunstâncias da data, além dos significados que a ocasião representa, não conversar sobre este dia tão simbólico, consiste em um equívoco, sobretudo às empresas food service. Apesar da vertente religiosa, que comumente divide opiniões, o comércio da Páscoa não é menos relevante. A data, por si só, movimenta, principalmente, as vendas.

São inúmeras as estratégias adotadas, seja por instituições, estabelecimentos e até organizações corporativas para não deixar a Páscoa passar em branco. Claro que cada planejamento irá depender do próprio posicionamento da empresa. Em outras palavras, a forma como ela se dispõe à data.

Do ponto de vista comercial, pode-se afirmar que é uma ocasião tão importante quanto a Black Friday e, por que não dizer, o Natal. Ao menos o pressuposto de aquecimento das vendas é similar. Resta aos gestores, por sua vez, planejar como tirar melhor proveito do período em questão, conforme dito anteriormente.

No setor food service, as comemorações da data podem ser incrementadas de várias formas. Se levarmos em conta que o comércio da Páscoa encontra-se diretamente relacionada à alimentação, conclui-se que não faltarão alternativas de como tornar o período ainda mais especial. Vamos descobrir algumas opções? Acompanhe-nos!

Invista em preços diferenciados

Culturalmente, a Páscoa nos direciona ao hábito dos consumidores de optar por uma alimentação tradicional. E não estamos falando apenas de ovos de chocolate! Sob a perspectiva religiosa, muitos fiéis optam pelo não consumo de carnes vermelhas em detrimento dos dogmas já pré-estabelecidos.

Dessa forma, enquanto gestor interessado em uma estratégia voltada aos preços, não seria interessante adotar um valor reduzido a determinados pratos do cardápio? Ou ofertas especiais às opções que farão a diferença na data, como é o caso das carnes de peixes ou frutos do mar? Repensar os preços consiste em uma estratégia interessante ao seu estabelecimento food service. A reflexão está convocada!

Estruture uma identidade visual característica

Decorar o estabelecimento food service, ou fast food, com elementos que fazem menção à data pode ser interessante. Criar um ambiente imersivo chama a atenção dos consumidores, gerando um cenário para sua total imersão.

Fazer uso da identidade visual típica na comunicação, como em e-mail marketings, por exemplo, é um diferencial. A divulgação de peças gráficas nas redes sociais do seu estabelecimento também é uma ação pertinente que pode ajudar a engajar seus usuários. Inclusive, consiste em uma estratégia para convocá-los ao seu estabelecimento alimentício, por assim dizer.

E, por que não, fazer uso dos chocolates?

Quando falamos do comércio da Páscoa, é impossível não associar aos ovos de chocolates e seus produtos derivados. Culturalmente relacionado, diga-se de passagem. Segundo dados do IBGE, as vendas da indústria de chocolate podem crescer até 10% na Páscoa. Sendo assim, por que não tirar proveito disso?

No cenário food service, elaborar um cardápio especial que contemple o chocolate, enquanto alimento de grande relevância na data, é uma saída interessante. Ou então, os gestores podem simplesmente incrementar as opções já existentes, disponibilizando ovos de Páscoa ou sobremesas que remetem a ocasião aos seus consumidores.

Planeje e execute ações promocionais

Planejar ações, tanto internas quanto externas, também surte um efeito positivo na data especial. Contemplar os consumidores com brindes relacionados à Páscoa, é uma estratégia válida. Distribuir chocolates aos clientes presentes no espaço físico do estabelecimento alimentício, por exemplo, também é uma opção. Enviar um cartão ou mimos personalizados também agrega uma experiência positiva aos consumidores.

Criar uma campanha onde o cliente possa incluir um crédito em seu nome durante essa época, como por exemplo: recarregue 100 reais e tenha 10% de desconto, é uma ideia. Assim, o consumidor pagaria R$ 90,00 para ter R$ 100,00 de crédito com o seu estabelecimento, hipoteticamente.

E por que não desenvolver um programa de fidelidade no PDV, que poderá ser usada para uma pontuação diferente nesse período de Páscoa? Por meio de softwares ERP, é possível automatizar, não apenas a gestão inferna como também os planejamentos de campanha, personalizando-os em cada data específica.

Planejar uma ação que aposta na interação é outra alternativa. O sorteio de uma cesta de Páscoa, composta por alimentos característicos, por exemplo, ajuda a engajar seus clientes. O interessante é pensar que a ideia pode ser trabalhada tanto em âmbito físico quanto digital. Cabe apenas aos gestores o planejamento e criatividade para pôr em prática!

O que vale é a mobilização!

Seja qual for a estratégia adotada por sua empresa, o importante é não deixar a data passar despercebida. Vale lembrar também que, fora o contexto do comércio da Páscoa, é importante aproveitar a ocasião para reforçar o discurso de paz, união e fraternidade, valores arraigados no período pascal. Não menos importantes, obviamente!

Dito isso, agora é adequar um planejamento a depender do perfil da empresa tratada e colocar em execução. Os clientes anseiam pela Páscoa e os gestores, por sua vez, também!

Qual posicionamento planeja adotar? Conte pra gente! 🙂

2018-09-13T17:11:07+00:0022 de março, 2018|Automação Comercial|

Deixar um comentário