Prefere áudio? Então clique e ouça este artigo

Fazer a gestão de estoque em uma empresa é uma tarefa que deve ser realizada com bastante atenção.

Isso porque essa atividade não apenas assegura a qualidade dos produtos, como também garante que as mercadorias não se percam em meio a tantas outras, sem mencionar o risco do vencimento do prazo de validade, que geram prejuízos à receita.

No que a gestão de estoque influencia.

Dessa forma, garantir que essa rotina seja executada corretamente, e com determinada frequência, deve ser um objetivo em comum a todos os gestores das mais diversas áreas, principalmente a de food service.

Mas, como simplificar esse processo e tornar sua gestão mais assertiva e prática? Acompanhe a leitura logo abaixo. 🙂

Gestão de Estoque: essencial para o bom funcionamento de uma empresa!

A importância da gestão de estoque está relacionada com todo o funcionamento de uma empresa. No entanto, os gestores ainda podem enfrentar dificuldades em cuidar desse processo.

Até porque são várias as atividades que compõem essa rotina, que vai desde a cotação com os fornecedores até a utilização de matéria-prima para a produção de refeições, no caso de um restaurante comercial, por exemplo.

Contudo, durante a execução de todas essas rotinas, é comum que, em algum momento, algo saia do planejado, o que exige uma decisão rápida por parte dos gestores.

Por exemplo: e se, durante o levantamento do inventário de estoque, for percebido que a quantidade de determinado produto não condiz com a que foi comprada? Como proceder corretamente?

A boa notícia é que, hoje, os gestores podem contar com soluções presentes no mercado que, não apenas tornam o controle de estoque mais prático, como também garantem o aumento da performance da equipe.

Quer saber que tipo de solução é essa? Então continue nos acompanhando para descobrir.

O que é Automação Comercial?

Como o próprio nome sugere, automação comercial é tornar automático o processo de gestão de uma empresa, buscando mais rapidez e eficácia em cada processo desempenhado na organização.

Em outras palavras: é fazer com as atividades profissionais do dia a dia sejam executadas com mais qualidade e em menor tempo.

Para isso, os gestores podem contar com sistemas de automação comercial, que centralizam as informações estratégicas de toda a organização, permitindo mais praticidade ao acesso a dados, além de contribuir para a ágil tomada de decisões.

automação comercial para restaurante

Assim, a adoção de uma ferramenta que reúne todos os dados gerenciais de uma organização é uma estratégia que condiz com um mercado cada vez mais exigente e competitivo.

Mas, como o sistema de automação comercial pode auxiliar os profissionais de um restaurante comercial, ou de uma indústria, a lidar com a gestão de estoque de forma mais ágil e simples? Acompanhe!

Automação Comercial e Gestão de Estoque

Que a gestão de estoque é um dos principais processos em um estabelecimento, isso é fato.

Porém, como dito acima, existem diversas rotinas que compõem essa atividade, e que muitas vezes são desempenhadas de forma manual, o que compromete o tempo dos gestores, além de não garantir a assertividade das informações trabalhadas.

Por exemplo: imagine se o dono de um restaurante controla seu estoque por meio de uma planilha que necessita ser preenchida manualmente.

Por menor que seja o estabelecimento, sabemos que são muitos os dados a serem compilados, o que pode tornar esse processo ainda mais complicado. Isso sem contar que nada garante que as informações sejam preenchidas da forma correta, comprometendo, e muito, os resultados da empresa.

Sendo assim, qual a melhor forma de tornar esse processo mais prático, garantindo a assertividade dos dados? Sim, por meio de um sistema de automação comercial!

Um exemplo é que essa solução não só auxilia os gestores a identificarem possíveis desvios de produtos no estoque, como permite que eles ajam em tempo hábil para solucionar o problema, dentre outras ações.

CTA para baixar o e-book gratuitamente

Tornando rotinas de estoque ainda mais práticas

O sistema de gestão de compras e estoque otimiza o processo desde a etapa de contato com fornecedores, já que a tecnologia possibilita que os fornecedores sejam elencados na própria ferramenta, facilitando a comparação de preços entre matérias-primas. Isso já auxilia na economia do estabelecimento.

Outro ponto é que o software realiza a baixa de estoque de forma automática a partir das vendas, tanto segmentando por matéria-prima quanto por produto acabado. Todo esse processo pode ser alimentado de forma integrada com o módulo fiscal, a partir da entrada de NFs. Pense em quanto tempo você irá poupar com essa funcionalidade!

Por meio de dashboards personalizados, o sistema para gestão de estoque também auxilia os profissionais na auditoria do estoque disponibilizando informações do inventário rotativo e do inventário cego para consulta, contribuindo para um acompanhamento mais apurado dos processos.

Os dados em tempo real permitem que os gestores identifiquem se os produtos descritos condizem com as mercadorias estocadas, evitando a perda de materiais, além de minimizar desvios que causam transtornos tanto à equipe de colaboradores quanto aos clientes do restaurante, que poderão ficar sem algum pedido caso esteja em falta.

Em síntese: solução ideal para evitar prejuízos financeiros, certo?

Porém, nem tudo depende do sistema!

Apesar de possuir muitas funcionalidades essenciais para uma gestão de estoque de qualidade, de nada adianta ter um sistema se a equipe de profissionais não adotar as boas práticas do mercado.

Um exemplo é checar o inventário de estoque de forma diária, e não de forma mensal, como muitos gestores de restaurantes costumam fazer.

Ao menos é o que aponta a Pesquisa Cenário Food Service 2019, da Teknisa, em que 45,6% dos entrevistados contou que esse levantamento é realizado uma vez por mês.

Esse tipo de prática não garante a assertividade da gestão, já que muitos imprevistos podem acontecer com o passar dos dias, podendo muitas vezes não serem apurados. Resultado? O gestor não terá tempo hábil para ações corretivas.

Ou seja, se o inventário for realizado apenas no fim do mês, e se as compras são feitas de forma quinzenal ou semanal, o estoque não levantado poderá gerar a necessidade incorreta de compras.

Assim, vários produtos poderão ser comprados para mais ou para menos, gerando custos adicionais ou cancelamentos, além de muitos transtornos financeiros.

Por isso, ao adotar a ferramenta, tenha em mente essa boa prática para assegurar o sucesso da implantação da tecnologia, tornando sua gestão de estoque ainda mais alinhada!

Software de automação comercial

Conclusão

Para você, pode parecer óbvio o que é gestão de estoque e o porquê se deve realizá-la de forma correta.

No entanto, é sempre importante reforçar que é possível contar com a tecnologia como principal aliada para tornar esse processo ainda mais rápido e prático.

Assim, você, enquanto gestor, otimiza tempo para aplicá-lo em outras atividades que fazem parte da rotina do seu restaurante, como investir em ações de marketing para atrair mais clientes.

Lembre-se: o principal objetivo da tecnologia de automação comercial é organizar suas demandas e permitir que você cumpra suas obrigações com agilidade.

Você sabia que contar com uma ferramenta de gestão pode aumentar o faturamento de uma empresa em até 70%? Tenha isso em mente quando for buscar por essa solução no mercado.

Não se esqueça de colocar o seu orçamento na ponta do lápis e de pesquisar por empresas com expertise de mercado que ofereçam ferramentas que atendam ao seu modelo de negócio.

Quer saber mais? Então entre em contato com um de nossos consultores. Esperamos ter te ajudado. Até a próxima!

Quer saber mais sobre o sistema de gestão de estoque?
Converse agora com um dos nossos consultores e tire todas as suas dúvidas.