Gestão da produção de refeições hospitalares conforme dieta e/ou restrição alimentar

Gestão do planejamento, da produção e da distribuição de refeições hospitalares

A expressão “comida de hospital” pode perder a conotação negativa, uma vez que os hospitais brasileiros estão mostrando mais preocupação com a qualidade das refeições oferecidas aos pacientes. Por se encontrarem em um estado saúde frágil, as pessoas que se internam, ou estão no hospital por qualquer motivo, esperam receber cuidados especiais — e um deles é uma alimentação adequada.

A dieta de um paciente é tão importante quanto o tratamento médico

Sendo um componente imprescindível para sua recuperação. Por isso, o preparo das refeições exige atenção profissional especial e redobrada.

 

A estratégia que tem sido adotada é a capacitação e o treinamento das equipes responsáveis, para que refeições mais saborosas e sofisticadas sejam planejadas e servidas. Para automatizar o trabalho das nutricionistas, a principal ação é o investimento em soluções de tecnologia que facilitam as tarefas diárias e garantem a eficiência dos processos, desde o planejamento até o consumo.

Tendo em vista o cuidado com que deve ser preparada a refeição de um paciente, atendendo às suas dietas e restrições alimentares, poder contar com uma solução que torne o controle mais prático e apurado, é essencial para garantir uma entrega com mais qualidade.

Por isso, a Teknisa desenvolveu o software TecDiet, um sistema elaborado para simplificar a gestão e a distribuição da produção de refeições hospitalares, e, ainda, permitindo que elas sejam planejadas a partir de um orçamento.

Lembrando que o motivo da internação do paciente interfere se a refeição pode ser mais um conforto, ou se ela complementa o tratamento, seguindo restrições de nutrientes ou valor calórico, por exemplo. Mudar o cardápio de um hospital é mais do que pensar em sabor e decoração. Para isso, os hospitais públicos e particulares devem apostar em profissionais de nutrição capazes de realizar o acompanhamento individual de cada paciente e equipá-los com soluções que lhes ofereçam mobilidade e assertividade.

CTA conheça todas as soluções Tecfood by Teknisa

O TecDiet é uma solução que supre as necessidades das áreas de avaliação nutricional, dietoterapia e alimentação hospitalar. Para elaborar cardápios inteligentes, o TecDiet tem diversos recursos para construção do menu hospitalar, controlando os custos das dietas, as requisições e as compras do período.

Já no que se refere a avaliação nutricional, o TecDiet calcula o gasto energético do paciente através de diversos métodos. Essas informações, aliadas aos resultados de exames bioquímicos, antropométricos, hábitos e intolerâncias alimentares, permitem ao nutricionista prescrever a dieta do paciente, podendo adequá-la de acordo com cada caso.

A gastronomia hospitalar tem que se adequar às tendências do mercado de alimentação e nutrição, não divergir no tratamento médico e agradar ao paladar dos mais diversos “clientes”. Neste caso, o profissional de nutrição pode contar com o TecDiet que permite monitoramento da montagem das dietas hospitalares com todos os detalhes especificados pelo nutricionista, conforme a prescrição da dieta realizada.

Além disso, o software gera relatórios e etiquetas para serem anexadas às bandejas, orientando a confecção e a distribuição das refeições. E, ainda, o software TecDiet trata as dietas Enterais, Parenterais e Lactário, possibilitando, ainda, a geração de requisições, ordens de produção e etiquetas, sabendo que quase grande parte das alimentações preparadas são para a dieta restrita.

TecDiet

Em síntese, por meio do software de gestão de alimentação hospitalar, TecDiet, é possível ao líder ou ao gestor:

  • Controlar a produção de refeições e planejamento conforme o orçamento;
  • Visualizar custos da preparação do cardápio individual, contabilizando custos indiretos e seus impactos;
  • Analisar nutrientes e valor calórico de receitas e cardápios;
  • Controlar dietas personalizadas para cada paciente (room service);
  • Gerar relatórios comparativos entre cardápio planejado e realizando, de modo a evitar desperdício de alimentos e maximizar custos;
  • Avaliar custos da produção por meio de gráficos e relatórios gerenciais, como: DRO (Demonstrativo de Resultado Operacional), que permite identificar os desvios do planejamento;
  • Gerar verificação automática de restrição e intolerância alimentar; além da interação droga-nutriente no cardápio dos pacientes;
  • Ter acesso às listas de substituições de alimentos de acordo com o estado nutricional do paciente;
  • Haver integração entre a área clínica e produção;
  • Agilizar e modernizar os processos e envio de informações.

Marque abaixo as opções que mais condizem com a realidade do seu dia a dia.

[]
1 Step 1
O software de gestão de alimentação hospitalar da sua instituição contribui para um planejamento de refeições mais apurado, permitindo:
Quando o assunto se refere aos processos da dieta clínica (dietoterapia), o software de gestão possibilita:
Para o controle de custos, o seu software de gestão permite:
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right