O ‘novo food service’ pede soluções criativas para o delivery e autoatendimento. O ‘novo normal’ parece acelerar ideias e melhorias que estavam engavetadas por falta de tempo ou de verba por parte das empresas do segmento de food service, sejam elas do segmento de restaurantes corporativos ou restaurantes comerciais.

Muitas das soluções propostas para o segmento de alimentação para atender às novas demandas proporcionadas pela pandemia COVID-19 já tinham sido pensadas para contemplar as exigências dos consumidores. Um exemplo disso é a demanda de tecnologia com foco nas ‘preferências’ dos trabalhadores que todos os dias consomem suas refeições em seus respectivos locais de trabalho. 

Algumas concessionárias de alimentação que atendem este público bem específico já sabiam que precisavam pensar melhor sobre os hábitos de seus consumidores. Por isso mesmo, já esboçavam soluções em tecnologias tais como aplicativos e dispositivos para aumentar a satisfação de seu público diário e, consequentemente, das empresa contratantes.

Nos ensaios constavam soluções que previam desde aspectos relacionados à higiene até formas para aumentar os ganhos. 

A Teknisa, que tem sua grande expertise em soluções específicas para o food service, mantém contato muito próximo a empresas que vivem o desafio constante de prestar o melhor serviço de alimentação fora do lar. É devido a esta proximidade que é possível afirmar que projetos já estavam sendo premeditados, tanto para restaurantes corporativos quanto para os comerciais. E foi neste espaço de tempo que a pandemia entrou e acabou por dar um play nas ideias antes guardadas nas gavetas.

Ter um bocado de formas, fórmulas e soluções retidas parece ser uma boa notícia em meio a tantas outras desanimadoras. Ainda bem! 

A Teknisa se mantém na posição de ouvir seus clientes e se propõe a colocar as equipes de pesquisa e desenvolvimento de soluções a desenhar protótipos prevendo ao máximo a experiência do usuário em relação às aplicações, sem tirar o foco, é claro, nas vantagens para as empresas contratantes de tais tecnologias. Vamos conferir a partir de agora os aspectos que envolvem o segmento de alimentação corporativa. Depois disso, vamos também ressaltar as questões que envolvem os restaurantes, lanchonetes, clubes, fast food suas redes e franquias, bem como as demandas e argumentos relacionados aos seus públicos.

taa autoatendimento para refeitorios de alimentacao

APPs e Totem de autoatendimento para o segmento de refeições corporativas 

Obviamente, as empresas de refeições corporativas também apresentaram a necessidade em soluções para gestão de seus negócios tanto nos níveis táticos quanto nos operacionais, afinal de contas, para os aplicativos funcionarem de maneira inteligente eles devem contemplar dados e funcionalidades que estão vinculados a estes tipos de softwares para a gestão da alimentação.

Antes de falar um pouco sobre os APPs e dispositivos que já estão sendo disponibilizados para para as empresas do segmento de alimentação, vamos dar uma olhada no panorama atual do food service do ponto de vista das pessoas? 

De acordo com alguns levantamentos realizados pelas equipes de mercado da Teknisa junto aos seus clientes, as pessoas entendem que o segmento de food service, o self-service em especial, é o que apresenta mais rejeição. 

De fato, a comida exposta ao contato das pessoas é extremamente preocupante, já que é uma forma intensa de contaminação. Na verdade sempre foi, e é por isso que a Teknisa já antevia este problema e já estudava soluções para amenizar este contágio.

Como os clientes da Teknisa também são os restaurantes comerciais, fast food suas redes e franquias, foi levantado que os consumidores também os vê, hoje, com problemas relacionados às questões sanitárias de contágio.

Diante deste parecer e sabendo que os estabelecimentos se preparam para reabrir e para se manterem em pleno funcionamento, é importante frisar que aquelas empresas que se destacarem com ações e soluções especiais para garantir a segurança de seus consumidores serão as favoritas. 

Limpeza, higiene e saúde estão nos pontos mais altos das exigências pessoais. Mas há, ainda, o fator aglomeração, comum aos restaurantes corporativos e ao estabelecimentos comerciais. Para isto a Teknisa também pode apresentar suas soluções tais como cardápios digitais, autoatendimento através de totens e em smartphones próprios para pedidos, sejam eles delivery, to go, balcão ou mesa, sem ao menos ter que ter contato com pessoas para realizar os pagamentos. Tudo isso diminui o contato pessoal e o toque mínimo em dispositivos compartilhados, por exemplo.

Aplicativos para pedidos de comida é comum aos fast food e restaurantes, mas para o autoatendimento em restaurantes corporativos é uma novidade ‘desengavetada’ por muitas empresas do segmento de alimentação. E o que há de novo? Vamos conferir!

aplicativo para autoatendimento para concessionárias de alimentação

Benefícios para os usuários do APP e do Totem de autoatendimento em refeitórios corporativos

Considerando o volume de pessoas que fazem suas refeições todos os dias em uma indústria ou fábrica etc., é que a Teknisa desenvolveu o aplicativo para que tais funcionários, que consomem suas refeições nos restaurantes corporativos, possam também fazer suas escolhas através de um aplicativo de pedidos em seus próprios smartphones. Ao utilizarem o APP de autoatendimento da Teknisa e estando onde estiverem, poderão ter acesso aos alimentos que compõem a refeição do dia ou mesmo de toda a semana. 

Com praticidade será bem fácil escolher através do APP o que se deseja comer, beber e tudo na medida certa. Além disso, os funcionários também podem usar o APP para fazer pedidos de refeições e lanches para serem entregues em suas estações de trabalho. E como destaque, através do aplicativo haverá a possibilidade de solicitar e reservar refeições para levarem para casa. Esta é uma estratégia que contribui diretamente com a redução de sobras.

Esta última funcionalidade tende aumentar os ganhos das concessionárias que estão se reinventando para dar conta do ‘novo normal’ no food service, já que levar a comida para a casa e pedir pratos especiais pode ser cobrado do funcionário ou da empresa contratante.

Mas existe, ainda, um ponto a ser fechado: a aderência do usuário às novas soluções. Esta não é uma preocupação pequena, mas a Teknisa pensou sobre isso junto aos seus clientes. O resultado  é que as aplicações desenvolvidas pela Teknisa envolvem benefícios para os comensais capazes de atender suas exigências, como destacado abaixo:

Motivos para os usuários aderirem ao uso do APP ou do Totem de autoatendimento em refeitórios corporativos

Assista ao Vídeo do app autoatendimento

 

Terminal de autoatendimento: vantagens para empresas de refeições coletivas ao aderirem o uso do APP e do Totem de autoatendimento

Um TAA para as concessionárias de alimentação pode disponibilizar opções que vão ao encontro das ‘preferências’ pessoais tais como tipos de comida, porções, tamanhos, quantidades, horários etc. Como dito acima, a maioria das empresas que terceirizam refeições utilizam softwares para gestão de alimentação, principalmente a solução de planejamento de cardápio para restaurantes corporativos, fato. As opções de escolhas a serem disponibilizadas nesses dispositivos de autoatendimento funcionarão considerando o que foi planejado em tais softwares. 

É importante ressaltar que os TAAs têm dispensadores de álcool em gel para aumentar a higienização das mãos. Também os estudos estão prevendo a funcionalidade ‘motion detection’. Aguardem as novidades!

Por que implantar a solução de autoatendimento em seus refeitórios terceirizados? Confira abaixo:

Os benefícios da aquisição de APPs e Totens para autoatendimento por empresas que atendem refeitórios corporativos

Marketplace ou delivery próprio? Seu restaurante ou fast food é quem decide como vai aderir ao ‘novo normal’ no food service!

Para falar sobre esse assunto vale exibir parte de uma entrevista dada à revista FoodService News. Trata-se de uma conversa realizada com Leandro de Assis, diretor comercial da Teknisa e Guilherme Elier, desenvolvedor de soluções especiais para o food service da Teknisa. Eles destacaram assuntos referentes aos marketplaces de delivery de comida e do uso de tecnologia para se ter uma ferramenta de delivery próprio. Veja a matéria abaixo:

Plataforma completa

O novo food service pede delivery e autoatendimento criativos 1

“Em dois dias uma empresa consegue comprar nossa solução, fazer todos as parametrizações necessárias e já disponibilizar para os seus clientes”, afirma Leandro Assis, diretor comercial da Teknisa

Além dos marktplaces, que têm mostrado toda a sua relevância para o mercado, outro tipo de ferramenta também tem se revelado muito atraente para os empresários da área de alimentação fora do lar. Trata-se do uso da tecnologia para a criação e a promoção de um delivery próprio.
O EatTake é um exemplo dessa realidade. Conforme explica o diretor comercial da Teknisa, empresa responsável pelo recurso, Leandro Assis, por meio dessa ferramenta, o consumidor não cai em uma espécie de praça de alimentação, com várias opções e concorrentes. Pelo contrário: é direcionado certeiramente ao ponto, à marca que deseja. “O cliente já vai diretamente para o restaurante que ele quer”, salienta.

Isso se dá por meio da utilização de um aplicativo próprio ou da disseminação de um link para a página do cardápio do restaurante, que pode ser enviado por WhatsApp ou por e-mail, por exemplo.

Com isso, afirma Leandro Assis, há uma série de benefícios, que vão desde uma comunicação mais apropriada até a economia de recursos.
“Primeiramente, não existem taxas para os estabelecimentos, como ocorre com os marktplaces”, diz ele, lembrando, no entanto, que não se trata de um concorrente, mas de um serviço complementar. “Os empreendimentos pagam apenas um valor pequeno por mês para utilizarem a ferramenta”, avalia.

Além disso, diz ele, a comunicação é muito mais direta, personalizada e aprofundada, o que contribui para a fidelização dos consumidores. Também não se corre o risco de perder o cliente para a concorrência e nem de ficar pouco visível em meio a milhares de opções disponibilizadas nos marktplaces.

No entanto, não são somente os estabelecimentos de alimentação fora do lar que ganham com isso. Os próprios consumidores também contam com uma série de vantagens, o que faz com que eles sejam atraídos para esse tipo de recurso.
Um desses benefícios para os clientes também tem a ver com os custos. Como as empresas não precisam pagar taxas pelo uso do aplicativo, conseguem fazer promoções especiais para os seus consumidores.

“Além disso, as pessoas passam a receber notificações e novidades de acordo com o perfil de consumo. Elas têm uma oferta de produtos mais direcionada para elas”, destaca Leandro Assis.

O gerente de produto da Teknisa, Guilherme Elier, também ressalta as vantagens do EatTake para os consumidores.
“O Eattake é uma plataforma de delivery completa para estabelecimentos do ramo de alimentação. O consumidor pode navegar pelo cardápio, fazer pedidos, pagar online e receber na comodidade da sua casa. Isso disponibilizado através de um site delivery mobile ou app customizado com informações do estabelecimento”, diz.

A gestão, explica Guilherme Elier, é feita por meio de um portal em que os gestores podem acompanhar os pedidos online, configurar os cardápios, produtos e também enviar as promoções.

Pandemia

Em meio à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o EatTake tem ajudado bastante as empresas que o utilizam, conforme afirmam Guilherme Elier e Leandro Assis.

O diretor comercial da Teknisa lembra que, na situação atual, os comerciantes estão buscando novas formas de abordar o consumidor e também de conquistar clientes. Sendo assim, a ferramenta vem junto a outras ações, como os programas de fidelidade, por exemplo, “tentando atingir o máximo de pessoas”, avalia ele.

Guilherme Elier afirma que o EatTake tem ajudado os clientes a passarem por esse momento tão turbulento, “substituindo as vendas presenciais pelo canal online, aumentando a capacidade de atendimento e diminuindo impacto no faturamento”, diz ele.

Futuro

O novo food service pede delivery e autoatendimento criativos 2Muito importantes no momento, recursos como o EatTake deverão pautar novos comportamentos dos clientes, mesmo após passar a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), avalia Guilherme Elier.

“Percebemos que, mesmo após a pandemia, o comportamento do consumidor irá mudar para os modelos delivery. O consumidor está sentindo os benefícios e praticidade de fazer pedidos online e receber com comodidade”, afirma.

Conclusão

O comportamento dos consumidores tende a converter para os modelos delivery, seja dentro de refeitórios corporativos, seja em restaurantes e fast food tradicionais. Os consumidores estão tendo cada vez mais novas e boas experiências com as aplicações de para fazer seus pedidos. Também estão sentindo os benefícios de fazê-los online e recebê-los onde estiverem, seja nas estações de trabalho, no caso de pessoas que fazem suas refeições no próprio ambiente de trabalho, seja fora das empresas.

O ‘novo normal’ tende a promover soluções tecnológicas para atender os novos comportamentos dos clientes que consomem alimentos fora do lar, mesmo após a pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Os marketplaces (plataformas de delivery), por exemplo, têm em evidência sua relevância para o mercado. Mas também outro tipo de ferramenta tem marcado presença e tem se tornado muito atraente para os empresários da área de alimentação fora do lar. Trata-se do uso da tecnologia para a criação e a promoção de um delivery próprio. Há que se colocar na ponta do lápis para observar a vantagem de um e de outro. O que não dá para fazer é não experimentar e deixar de aumentar os ganhos!

aplicativo para delivery em dois dias sem taxas

As concessionárias de alimentação corporativa, por outro lado, também têm colocado em prática as ideias e soluções que contemplam as exigências sanitárias atuais e as necessidades e desejos das pessoas que atendem em seus refeitórios. Tais soluções estão chegando também para reduzir sobras e aumentar os ganhos, através das vendas de refeições para levar para casa e também das porções e dos pratos sofisticados ou extras. Estas são um ótima opção para aumentar o faturamento.

Muitos movimentos e bastante vontade têm dado o tom para o novo food service. Sigamos atentos, vigilantes pela saúde e bem-estar de todos.

Esperamos que o assunto deste post tenha sido relevante e animador! Deixe seu comentário, será um prazer ouvi-lo. 

Fale com nossos consultores!

Conheça o App eattake da Teknisa:  em 2 dias você pode ter o seu aplicativo de delivery!

 

Quer saber mais sobre nossos sistemas?
Converse agora com um dos nossos consultores e tire todas as suas dúvidas.