Afirmar que há o melhor sistema para restaurante expressa um grau de responsabilidade comprometedor em relação ao food service. De igual modo, a informação tende a demonstrar que a empresa que diz tal coisa provavelmente se empenha em entregar a solução que preenche bem os requisitos, tais como funcionalidades, updates frequentes e preço enxuto. Será? Sua opinião pode mudar ao longo deste artigo!

Então, é aconselhável atenção, pois adquirir uma solução movimenta muitas áreas do restaurante e requer bastante trabalho. Principalmente quando o momento econômico que envolve o food service exige resistência, foco e redução de custos.

Em resumo, um sistema para restaurante tem que passar por uma crise e provar sua constância, pois os clientes e usuários esperam a constatação de que ele não deixou ninguém na mão.

Por falar em momentos difíceis, é de comum conhecimento o que os empresários têm constatado: além dos softwares para  gestão, também precisam do empenho e da assistência das empresas que os criaram. Os gestores não querem ser só um número na carteira de clientes das organizações desenvolvedoras de soluções. Fato.

Mas o que um sistema para restaurante deve ser ou ter e o que a empresa desenvolvedora deve ter de diferencial para atingir as expectativas dos gestores de restaurantes, por exemplo? Ao longo deste artigo, vamos saber como categorizar um sistema para restaurante de excelência e como escolher a empresa mais amigável.

O conselho é que você, leitor, vá até o fim, tanto quem está começando no segmento de alimentação quanto quem até já tem franquias de sua marca por aí ou opera no modelo de redes. Dizemos isso porque durante a leitura você perceberá os motivos pelos quais um sistema alcança grande pontuação quando o assunto é ser o especialista em food service.
Sua opinião pode se transformar e muito daqui pra frente.

Vamos nessa?

O que você vai ler neste blog

Qual é o principal motivo que te leva a escolher ou trocar de sistema para restaurantes?

  1. Tenho um negócio do segmento de alimentação fora do lar;
  2. Não sei por onde começar para mudar os resultados para melhor;
  3. Preciso de um PDV, ERP, HCM, SCM integrados e 100% na nuvem;
  4. Preciso de um PDV especializado em food service integrado ao meu ERP de terceiros;
  5. Fico pensando por que a concorrência cresce e o meu restaurante está estagnado;
  6. Porque sou só mais um número na carteira de clientes da empresa desenvolvedora do software do meu restaurante;
  7. Meus atuais sistemas não atendem aos processos do meu estabelecimento ;
  8. Vivo o drama da veloz evolução do mercado versus a lentidão das desenvolvedoras de soluções;
  9. Tenho investimento e também o objetivo de evoluir o sistema que uso atualmente para ter mais aderência aos meus processos, mas isso não é prioridade para a desenvolvedora;
  10. Não tenho o suporte adequado e a atenção dos donos das desenvolvedoras de sistemas;
  11. Instabilidade dos sistemas e da relação com a desenvolvedora de soluções;
  12. A desenvolvedora do meu sistema não apresenta preços compatíveis com a qualidade oferecida;
  13. Tenho uma colcha de retalhos de sistemas e gostaria de consolidar todas as informações;
  14. Preciso integrar meu sistema ao iFood, UberEats e Neemo;
  15. E aqui você pode acrescentar o seu problema, pois estaremos à disposição para falar contigo sobre uma solução ideal para a sua questão.

Trocar de sistema é também trocar de desenvolvedores, certo? A pergunta também é: o que você, de fato, está buscando em outro fornecedor? Será que é mesmo o momento de trocar de parceria? (Essas várias perguntas ativam o raciocínio e colaboram para se chegar a uma conclusão sábia). Mas em vez de ficarmos aqui só fazendo as perguntas que você mesmo já se fez, vamos contar algumas histórias exitosas para também te inspirar a pensar sobre parcerias de sucesso.

Quando buscar outro parceiro desenvolvedor de sistema para restaurante?

A decisão pela troca de sistema é um dos passos mais importantes em toda operação, principalmente quando se trata de franqueados e redes. Por que? Afinal, quando trocar?

Algumas inseguranças impedem a mudança, e sério, não é para menos. E vêm aí mais perguntas: como vai ser a aceitação dos clientes quando a alteração de sistema acontecer? Mas, afinal, o cliente tem contato com o sistema?

Então, em alguns casos, sim, direta ou indiretamente. Diretamente seria quando os clientes utilizam dispositivos como tablets, celulares e totens para comprar e pagar — isso é o autoatendimento. Indiretamente seria quando os consumidores são atendidos por alguém, por exemplo, quando vão pagar, fazer pedidos, reservas etc. Se os clientes passam muito tempo nas filas, eles até podem deduzir que o atendente é lento, mas o problema de verdade é o sistema que apresenta falhas e eles nem se dão conta disso. O problema é: a culpa recai sobre seus funcionários, o que é ruim para a imagem de sua marca.

Também podemos citar o caso de um garçom que, ao atender com um tablet, se complica todo ao utilizar o sistema, o que pode denotar problemas com usabilidade ou de UX – User Experience. Trata-se de um caso típico em que a experiência do usuário foi mal pensada e mal definida. No fim, o cliente também é quem paga o pato. Conclusão: a situação mostra indícios de que algo precisa ser feito. É preciso ler os sinais e agir logo!

Para ficar bem didático vamos explicar o que é UX e UI:

  • UX – User Experience – a versão em português pode ser Experiência do Usuário. UX é utilizado para observar a experiência que um usuário tem ao utilizar um produto, digital ou não.
  • UI – User Interface – a versão em português pode ser Interface do Usuário. UI é usado para otimizar o design da interface do produto que o usuário vai utilizar. No caso das aplicações digitais, ele precisa ter facilidade de navegação e de entendimento.
  • Então, na construção de um produto, digital ou não, os responsáveis pelo UX – User Experience e pelo UI – User Interface aplicam regras e metodologias que preveem a excelente experiência do usuário/cliente. As áreas de UX e UI observam e documentam como uma pessoa se comporta ou como ela se sente enquanto usa um produto ou um serviço, digital ou não. Também é observada a sensação dessa pessoa depois do uso.

Ainda falando de mudança de sistema, ela também vai refletir no quadro de colaboradores, inclusive daqueles lá na ponta (na loja), principalmente se tem funcionários que trabalham há anos no seu estabelecimento e já têm como costume acompanhar e obedecer todo o processo interno.

Trocar o sistema interfere na rotina desses profissionais e, por isso mesmo, a resistência pode acontecer. Muitas vezes, o sistema não proporciona melhores resultados, mas esse fator será ignorado. Pense bem! Se você é o investidor, entendemos que não pode ou não deve aceitar esse quadro de falta de retorno do investimento.

É isso aí! Mudar de empresa requer fazer as contas, sair da zona de conforto e aceitar um novo desafio para obter melhores resultados. Tem de valer o esforço e o novo investimento. Sem dúvidas, é necessário considerar o investimento em recursos humanos, treinamentos, além do financeiro. Fica parecendo que não é uma boa ideia mudar de sistemas. Na verdade, fazer um levantamento com bastante dedicação e com sabedoria funcionará como bússola.

Acreditamos que uma empresa desenvolvedora amigável pode te ajudar a mudar de visão. Essa empresa fornecedora de tecnologia de automação comercial não deveria apenas vender softwares. Ela deveria vender acoplados às soluções, no caso os sistemas de automação comercial para restaurante, o conhecimento de mercado, a expertise, o know-how em food service. Muitos softwares até atendem seu negócio de alimentação fora do lar, mas não são focados no segmento em que você atua. Vamos arriscar um palpite: os donos dessas empresas muitas vezes nem sabem o seu nome. Você é apenas um número a mais.

Separamos aqui um exemplo disso que estamos falando acima. Leia o depoimento do sócio do Banzeiro, Thiago Schaedler e perceba que ele se diz feliz pelo tipo de relação que tem com os gestores da Teknisa.

“Existe uma relação muito bacana, muito próxima, inclusive com os proprietários da Teknisa, e isso dá segurança. Você pode chegar e discutir um projeto, porque tem uma equipe do comercial e do suporte que está à disposição desde a implantação. Essa proximidade com as pessoas que estão por trás do sistema é muito importante.”
(Diretor do Banzeiro)

Se puder assistir ao vídeo com o depoimento na íntegra, você vai comprovar a importância de trocar um sistema, mas também de escolher a empresa que vai desenvolver o seu negócio. 

Critérios para escolha de um parceiro desenvolvedor de sistema para restaurante

Gestores de empreendimentos como restaurantes, inclusive os que têm franquias ou redes, procuram por empresas de tecnologia já consolidadas no mercado e, principalmente, que desenvolvam soluções que tenham em sua essência o modelo de negócio voltado para a alimentação fora do lar. Esses profissionais buscam empresas que atendam as necessidades de seu empreendimento, independentemente de seu porte.

Com o intuito de escolherem bem, os responsáveis pela aquisição de soluções para restaurantes avaliam os cases de sucesso referentes às empresas e softwares a serem contratados. Muitas vezes, o ideal é visitar outro cliente usuário dos sistemas, pois a partir desta visita a decisão pode ser tomada de maneira acertada. Afinal, são negócios parecidos e operações similares, o que deixa evidente que a solução foi desenvolvida com e dentro do conceito do food service, seguindo os critérios e as normas do setor de alimentação.

Uma história de sucesso para contar sobre desenvolvedora de sistemas para restaurantes e integração de sistemas PDV ao ERP

Primeiramente, vamos especificar o que é PDV e o que é ERP.

  • Sistema de PDV é a solução para a gestão de vendas. No varejo do ramo alimentício, Sistema PDV são utilizados em bares, restaurantes, lanchonetes etc.
  • Sistema ERP é em inglês “Enterprise Resource Planning” e significa “Planejamento de Recurso Corporativo” em português. O ERP tem o objetivo de conectar todos os sistemas de uma corporação em uma só solução.

Podemos citar a história de sucesso da Hamburgueria The Fifties, que, aliás, é um parceiro e tanto. O The Fifties já recebeu a visita de outras empresas do mesmo ramo para observarem o sucesso da operação utilizando os softwares da Teknisa. Desde 1994, o The Fifties atua no mercado de alimentação fora do lar. A marca tem em torno de 19 unidades espalhadas por São Paulo, Rio de Janeiro e Pernambuco.

A história de sucesso começou em 2016 quando a hamburgueria se tornou uma grande parceira da Teknisa ao adquirir o sistema Odhen by Teknisa para gestão de vendas e PDV.

Já em 2018, o The Fifties adquiriu também o software ERP para a gestão completa de suas franquias – o Pebbian by Teknisa. Com isso, os sistemas de BackOffice ou Retaguarda e Frente de Caixa foram integrados ao ERP, o que possibilitou a redução de custos e levou agilidade e automatização dos processos.

Parafraseando o que os profissionais do The Fifties dizem, eles conseguiram reduzir drasticamente os custos da companhia utilizando os produtos da Teknisa. Hoje, o The Fifties usa o sistema PDV integrado aos sistemas ERP específicos para o segmento de alimentação.

A integração levou mais dinamismo para os processos que agora andam bem mais rápido e de forma automática. Um exemplo disso é que eles fechavam e apresentavam o resultado do mês somente no décimo dia útil, ou seja, com bastante atraso. Agora, utilizando o PDV para frente de loja integrado ao ERP na retaguarda, até no máximo no terceiro dia útil ocorre o fechamento. O ganho é relevante, pois a tomada de decisão se tornou mais ágil e acertada, o que interfere positivamente no mês subsequente.

“Para realizar a apuração fiscal, o fechamento fiscal e o SPED, levávamos 5 dias para fazer.
Hoje, demoramos 1 dia.”
(Gustavo Costa, CEO da The Fifties)

Os profissionais do The Fifties afirmam também que a Teknisa é mais que uma fornecedora de sistemas para restaurantes: ela é uma parceira. Isso porque a empresa pode sugerir melhorias, e as mudanças, de fato, são implementadas, tornando os sistemas cada vez mais aderentes ao negócio da hamburgueria.

No vídeo abaixo, você pode assistir o que a equipe do The Fifties fala sobre a parceria.

 

Sistemas para restaurantes que evoluem e têm foco na redução de custos mexem com a opinião dos gestores do food service

A tecnologia e as operações de food service têm de evoluir juntas. Sabendo disso e tendo ciência que a área de compras de uma operação de restaurantes merece bastante atenção, a Teknisa destaca a funcionalidade ‘Necessidade de Compras’.

Com base em sazonalidade, considerando dias da semana e referências semanais, como primeira segunda-feira, segunda segunda-feira do mês, por exemplo, é possível calcular o quanto é necessário adquirir . Dessa forma, a compra se torna mais inteligente, acertada e organizada, melhorando o fluxo de caixa. Ter um sistema a favor da redução de custos sempre é uma ótima escolha.

O que é fluxo de caixa?

  • O fluxo de caixa é a dinâmica que consiste em registrar, controlar e projetar entradas e saídas de dinheiro. O objetivo é ter dados para avaliação do negócio e previsão de saldo de caixa.  E uma ferramenta de gestão financeira.

Outro ponto relevante que queremos destacar é a necessidade de se ter foco na área de estoque. Uma boa estratégia para enfrentar esse grande vilão é utilizar o ‘Inventário de Estoque Mobile’, que pode ser usado via smartphone, por exemplo. Com ele, é possível fazer o levantamento de estoque com leitura de código EAN – código de barras – com praticidade e rapidez.

Resolvemos comentar sobre gestão de estoque, essa necessidade que tanto desafia os gestores de restaurantes. Isso porque realmente é um problema que assombra, afinal o ‘estoque’ tem a fama de ser o principal culpado pelos desperdícios, aquele que impede o giro do dinheiro. Bom, alguém tem que virar esse jogo, não é? Por isso é recomendável fechar negócio com empresas desenvolvedoras de sistemas para restaurantes que são mais amigáveis e podem levar soluções compatíveis com a sua operação.

Ainda falando de agilidade, podemos afirmar que os gestores do segmento de restaurantes e empresas similares querem vender mais e mais rápido, então, utilizar somente o PDV nas campanhas promocionais não é o suficiente. Perceba se a sua desenvolvedora de sistemas apresenta inovações, tais como TAA – Totem para Autoatendimento e TAP – Totem para Autopagamento, autoatendimento de mesa com cardápio digital, delivery, entre outros. Realmente, esses dispositivos, bem como os softwares neles embarcados, são muito importantes para aumentar as vendas e para fidelização de clientes.

Integração com plataformas de delivery ou delivery próprio?

Por falar em delivery, há empresas que estão presentes em vários canais de venda, seja utilizando plataformas como iFood, UberEats e Neemo — nesse caso, é importante que a integração seja proporcionada de maneira objetiva — seja usando aplicativos próprios de cardápio digital e de delivery, que aliás, têm tido bastante adesão pelo fato de diminuírem as altas taxas pagas para os marketplaces e ainda o problema de ser “refém” das promoções que eles definem.

Se seu estabelecimento utiliza integração com as plataformas de delivery ou se prefere usar aplicativos próprios de cardápio digital ou de delivery, a Teknisa está preparada para te atender da melhor forma.

Você, gestor de restaurantes, redes e franquias, é uma figura especial para as desenvolvedoras de seus sistemas?

Em síntese, a Teknisa tem um diferencial de tratamento ao cliente. Aliás, ele é tratado como deve ser: como único. As soluções de PDV integradas às soluções pertencentes a um ERP, tais como estoque, financeiro, compras etc., foram e são melhoradas para aderir ao negócio de seus clientes. Por isso, indicamos que você dê um passo importante e venha conhecer mais profundamente os produtos Teknisa.

Sistema para restaurante desafia a opinião dos gestores 1

Atenção aos conselhos de uma desenvolvedora de sistemas para restaurantes especialista em food service

Ouvindo o depoimento de nossos clientes, fica evidente que o mais importante é o comprometimento das pessoas envolvidas em todo o processo do restaurante, sejam as da empresa contratante, sejam as da empresa fornecedora. Essas equipes devem agir conjuntamente em função da otimização dos processos e da redução de custos e desperdícios da operação.

Muitas vezes, a desenvolvedora de sistemas para restaurante, que é o nosso caso aqui, tem que dizer não, em outro modo de falar, dizer: “Não conseguimos atender suas necessidades desta forma que você solicita”. Porém ao mesmo tempo falar: “Temos outra forma para solucionar o problema”. Mesmo que isso venha a mudar alguns processos do restaurante, é necessário apresentar a solução mais viável. Isso acontece muito quando a desenvolvedora de sistemas detém o conhecimento de mercado, enquanto o gestor do restaurante tem o foco somente em seu modo de administrar. É preciso ouvir com sabedoria!

Entender o seu negócio, saber qual o perfil do seu consumidor e de seus fornecedores, bem como ter o conhecimento dos seus gargalos rotineiros — identificar onde sua operação está perdendo dinheiro e onde pode ganhar mais — são características relevantes de uma empresa fornecedora de softwares específicos para restaurantes.

Reflita sobre isso: o trabalho de implantação de um sistema requer inteligência e empenho de ambos os lados.

Pensar como (e com) uma rede de franquias para ter a melhor solução para sua operação de food service

Ter atitudes como as mencionadas até agora pode mudar os resultados de um negócio de food service para melhor. A Rede Giraffas entendeu isso e, hoje, utiliza os sistemas integrados para restaurantes da Teknisa. Vamos falar um pouco mais sobre a integração de mais essa relevante rede de food service.

O Giraffas, hoje, tem por volta de 400 lojas e entrega em torno de 2 milhões e 800 mil refeições por mês em todo o território nacional, segundo o gerente de TI Marcos Zanetti.

A rede tem 4 escritórios e precisava integrar as áreas do financeiro, fiscal, contabilidade e compras. Foi aí que o ERP e o SCM da Teknisa entraram na operação. SCM é uma sigla que significa em inglês Supply Chain management ou, na tradução para o português é Gestão da Cadeia de Suprimentos (Supply Chain).

Mas o Giraffas foi além e implantou também o HCM da Teknisa com objetivo de melhorar a gestão do departamento pessoal e dos recursos humanos. HCM é uma sigla que significa em inglês Human Capital Management ou, na tradução para o português é Gestão do Capital Humano.

Agora, segundo Zanetti, todas as áreas da rede estão integradas. Ele também afirma que ter um sistema todo integrado tem resultado em um aumento de performance e ganhos referentes ao desempenho de processos. De acordo com o gerente de TI, o Giraffas pode contar com informações confiáveis, como obrigações fiscais, contábeis e pessoais, que são entregues pelos sistema ERP da Teknisa. Sugiro que você veja o vídeo também.

Assista ao vídeo e saiba mais sobre a parceria entre a Rede Giraffas e a Teknisa.

 

Ainda dentro do assunto integração, vale destacar que o sistema de PDV da Teknisa também é integrado a todos os sistemas de backoffice. É uma plataforma única, isto é, não há necessidade de ter sistemas de terceiros. As franquias do Giraffas utilizam o sistema frente de caixa da Odhen by Teknisa. Conforme Zanetti, o sistema PDV da Odhen tem tudo que uma franquia precisa ter e o que é melhor: em uma única plataforma.

Detalhando o assunto, após as vendas serem registradas no sistema de PDV Odhen, os dados referentes a elas vão direto para a retaguarda, para que o franqueado tenha visão do negócio dele. A partir disso, o franqueado consegue fazer a gestão das contas a pagar e a receber; pode contar com DRE – Demonstrativo de Resultado Empresarial, tem como saber sobre a porcentagem do CMV – Custo de Mercadoria Vendida da loja, entre outros.

Zanetti afirma ainda que o Giraffas tem trabalhado para oferecer a melhor ferramenta tecnológica para os seus franqueados, e a tecnologia eleita foi a da Teknisa. A razão da escolha vem da premissa de colaborar com o sucesso dos franqueados, pois ao utilizar sistemas integrados entre si, os franqueados podem avaliar a saúde da loja que administram e podem tomar as decisões com base em dados confiáveis. Eles têm o apoio da franqueadora e de um sistema completo para ter uma rentabilidade maior em seus negócios.

Sistemas para restaurantes que focam o aumento das vendas influenciam a tomada de decisão dos gestores do food service

Vender mais e mais rápido é o foco de todos os comerciantes de alimentação. A rapidez também está atrelada ao momento crítico que todo o comércio tem vivido. Menos filas e menos espera agradam ao cliente, mas também tendem a protegê-lo de aglomerações dentro dos estabelecimentos de alimentação.

A redução de filas também indica agilidade e aumento das vendas, o que é bom para os gestores do food service. Mas atingir esse objetivo requer investimento em tecnologia. Sabendo disso, a Rede Giraffas, de acordo com Zanetti, vem investindo em TAA – Terminais de Autoatendimento, em Cardápios Digitais

Mais uma vez, a rede pôde contar com o apoio tecnológico da Teknisa. Confira no vídeo abaixo.

Assista ao bate-papo entre Marcos Zanetti, gerente de TI da Rede Giraffas, e Leandro Assis, diretor comercial da Teknisa.

 

Zanetti, durante a entrevista com o pessoal da Teknisa, falou sobre os planos para implantação de um sistema de KDS – Kitchen Display System, que são monitores de acompanhamento de produção dentro de uma cozinha. De fato, o KDS proporciona uma padronização na produção de alimentos.

Utilizando um KDS, é possível programar e sincronizar a produção de diferentes tipos de alimentos com seus diversificados tipos de tempo de preparo. Um pedido composto por vários itens fica pronto por completo em um só momento, garantindo a satisfação do cliente que o recebe na temperatura e com a consistência ideal para consumo.

No KDS também é possível configurar uma checklist de higienização. Essa funcionalidade pode ajudar no processo de orientação dos membros da equipe da cozinha a manterem distanciamento e cumprimento das regras sanitárias. Bom para a equipe do restaurante e ótimo para o consumidor que terá sua refeição mais segura.

De acordo com Zanetti, a equipe da Rede Giraffas sempre viu a tecnologia como estratégia e não apenas como apoio. Realmente, ultimamente, em tempos tão difíceis que o mercado está passando, ela ficou muito mais em evidência. Quando tudo parou, a tecnologia estava lá em pleno funcionamento, garantindo a movimentação dos negócios de alimentação, por exemplo.

Finalizando a entrevista, Zanetti elogia a equipe Teknisa e confirma mais uma vez que escolher trabalhar com um sistema de gestão de restaurantes é também optar pela empresa desenvolvedora dele.

 

Já que preferir a empresa desenvolvedora de sistemas é tão importante quanto optar por um sistema para gestão de restaurantes, veja só o que Paulo Rômulo, diretor de operações do Grupo Julietto — rede de fast-food pernambucana com 19 anos de história — tem a dizer sobre a Teknisa, uma parceira de longa data que sempre ofereceu resultados muito satisfatórios, com soluções positivas e com ganhos em performance e produtividade.

Ele afirma que, antes da implantação do sistema da Teknisa, o grupo fazia uso de alguns softwares locais que demoravam muito para serem implantados, modernizados e atualizados. Aí está a confirmação de que a empresa desenvolvedora tem que garantir um road map de inovações para seus sistemas.

Agora, depois de mais de 10 anos de parceria com a Teknisa, os ganhos de performance ainda são notáveis. O sistema de PDV da Teknisa utilizado nas unidades da loja apresenta estabilidade e confiabilidade, melhorando principalmente a dinâmica, o envolvimento das equipes internas e a interação entre os módulos que passaram a funcionar com a mesma base. Um ótimo ganho de informação.

Assista ao depoimento completo de Paulo Rômulo, diretor de operações do Grupo Julietto.

 

Em síntese, os depoimentos dos clientes Teknisa são valiosos conselhos para aqueles que estão estudando a possibilidade de compra e implantação de um sistema renomado e com expertise no mercado de food service.

Por que é difícil escolher um software para restaurante?

Depois de entender um pouco sobre a razão que leva uma empresa a trocar de sistema ou quando ela costuma buscar por outro parceiro, quais seriam os critérios para a tomada de decisão? Por que será que ainda é tão difícil fazer tal escolha?
Além das respostas estarem relacionadas às orientações descritas acima, hoje, no mercado, percebemos empresas e gestores que sofreram muito com a troca de sistema, pois a expectativa e realidade se conflitam. Nossos consultores ouvem relatos de empresas que trocaram de sistemas três vezes em um único ano. Foram tão expressivos o desgaste e o prejuízo que os gestores passaram a ter certa resistência para pensar em uma troca. É compreensível, mas é bom esfriar a cabeça e seguir em frente. É preciso mais que coragem. Por isso, analise a lista que preparamos para te auxiliar na tomada de decisão.
 
Sistemas para restaurantes mais baratos

09 características que podem auxiliar na decisão de aquisição de um sistema para restaurante completo          

  1. Você deseja agilizar e aumentar as vendas
    Ter informações em tempo real para ter decisões mais acertadas é essencial para o sucesso do restaurante. Também ter a oportunidade de analisar qual é o produto mais rentável, qual prato está vendendo menos e a produtividade dos funcionários permite ao dono do estabelecimento fazer alterações cruciais, claro, para buscar um maior faturamento. Além disso, uma análise dos meses, dias e até horários de maior e menor movimentação no restaurante permite ao gestor fazer um melhor planejamento das suas operações e, com isso, manter seus clientes satisfeitos.
    Com a solução para gestão de restaurantes Odhen, é possível ter uma previsão da movimentação e das vendas no seu estabelecimento, além da produção de seus funcionários, o que dá a oportunidade para que o gestor faça alterações fundamentais para manter o empreendimento gerando lucros.
  2. Você necessita ter acesso a relatórios do seu PDV em tempo real
    Atualmente é impossível tomar decisões baseando-se nas intuições ou em palpites, não é mesmo? As empresas de sucesso no mercado são — e com razão — sobrecarregadas com informações e detalhes de todos os tipos. Com os restaurantes isso não pode ser diferente. Uma boa gestão desses estabelecimentos deve sempre ter uma ótima base em relatórios, dados, insights etc.
    É de extrema importância ter um software para gestão dos restaurantes integrado ao negócio, que proporcione ao gestor um relatório em tempo real do seu PDV, para que sejam aproveitadas as oportunidades e evitados os riscos relacionados ao restaurante.
  3. Você se preocupa em manter a segurança do seu negócio
    Todos os consumidores desejam ter a segurança garantida na hora de comprar em um restaurante. Os dados dos clientes devem ser guardados da forma mais segura possível, para que o vazamento ou o roubo dessas informações seja evitado de todas as formas.
    Os padrões atuais de tecnologia mudam a todo momento, e seu negócio não pode ficar para trás. Mantenha seu PDV atualizado para que seus consumidores não corram riscos e tenham como uma garantia a segurança que eles esperam.
  4. Você tem quer reduzir custo com TI
    Seu investimento na tecnologia de informação está passando dos limites e está te dando dor de cabeça por conta do seu orçamento? Para solucionar essa questão, o ideal é investir em um uma solução que tenha uma plataforma no formato “nuvem”.
    A solução com plataforma no formato 100% web reduz significativamente seus custos e também é ideal para que você possa focar no que o seu restaurante pode fazer de melhor: satisfazer os clientes com bons serviços, produtos e atendimento.
  5. Você precisa de um sistema para restaurantes com alta performance
    O mundo atual gira em torno da tecnologia, e para o cliente do seu restaurante isso não é diferente. É fato que, para os consumidores, é importante que as soluções do estabelecimento estejam funcionando com perfeição e sem travamentos, pois essas pessoas não gostariam de esperar muito para consumir seus produtos, principalmente em longas filas de espera.
    Manter seu software atualizado e com as melhores versões disponíveis do mercado pode ser um diferencial crucial na hora de conquistar e manter seus clientes.
  6. Você quer otimizar seu serviço com a utilização de tablets
    A utilização de tablets por parte dos seus funcionários pode gerar vários benefícios para os seus clientes e consequentemente para o seu restaurante. Um exemplo disso é um serviço mais rápido e prático, que traz maior rotatividade das mesas, um bom atendimento e também a satisfação dos consumidores.
    Com as soluções para gestão de restaurantes da Odhen by Teknisa, seu restaurante poderá usufruir de tablets que facilitarão todo o processo de venda e atendimento ao cliente.
  7. Você quer modernizar seu restaurante e a boa experiência que ele proporciona aos seus clientes
    Não é segredo que a modernidade é ponto-chave para o sucesso de empreendimentos e que a tecnologia deve andar lado a lado com o PDV. É sabido que clientes desejam uma experiência rápida, intuitiva e otimizada na hora de consumir em restaurantes. Para não falhar com suas expectativas (decepcionar o cliente), o PDV deve estar equipado e modernizado com tecnologia de ponta, como smartphones, tablets, TAA – Totens de Autoatendimento etc.Sistema para restaurante desafia a opinião dos gestores 2

    Você também vai descobrir como reduzir custos e manter fábrica e loja operando sempre em sintonia

    Dizendo de outra forma, seus clientes podem usar tablets ou seus próprios celulares para fazerem suas escolhas e seus pagamentos até mesmo sem acionar os atendentes de seu estabelecimento. Para que isso possa ocorrer da melhor forma, é importante ter um cardápio digital e um bom aplicativo de delivery. Tudo isso vai resultar no aumento das vendas e em um faturamento maior para o seu negócio. Mais uma vez, sugerimos que conte com a Teknisa.

  8. Você tem como objetivo gerenciar, de forma otimizada, as suas franquias
    Independentemente de você estar administrando um único restaurante ou uma rede de franquias, as soluções da Teknisa são perfeitas para crescer com você e te auxiliar na sua gestão, facilitando seus processos e aumentando seu lucro. Os sistemas Teknisa propõem escalabilidade e centralizam as informações. Assim será possível englobar todos os seus restaurantes em um único sistema, ideal para você, dono de uma rede de franquias.
  9. Você quer ter a liberdade de uma flexibilização para inovar no seu negócio e trabalhar com integração com sistemas terceiros
    Caso você utilize uma ferramenta para gestão da sua retaguarda e queira usar o PDV da Teknisa, especialista em food service, é importante que saiba que é possível essa flexibilização. Muitas vezes, ela chega a ser aconselhável. Existem modelos para isso e vamos apresentá-lo abaixo. Veja se algum deles pode se encaixar com o seu. Há clientes nossos que operam modelos I ; II ; III e IV.

Integração de sistema Teknisa
Integração de sistema, compras e estoque - Teknisa

Integração de sistema vendas - Teknisa

Integração de sistema, lojas, rede e franquias - Teknisa

Sistema para restaurante desafia a opinião dos gestores 3

Sistema ERP para restaurantes 100% Web: soluções empresariais SaaS integradas

Os novos objetivos empresariais provocam uma evolução que abrange os sistemas ERP, que em vez de serem instalados localmente — ERP On-Premise — em servidores dentro das próprias empresas que adotam esse método, passam a ser hospedados em um datacenter externo, em solução de cloud pública.

O termo ERP na nuvem é uma tradução do termo em inglês ERP On-Cloud e Cloud Servers, ou ainda, On-Demand, que significa ter uma operação 100% em tempo real de forma on-line e com acesso aos dados em qualquer lugar.

Hospedar uma solução ERP 100% na nuvem é uma tendência de mercado, mas há perfis de empresas que preferem o ERP On-Premise, pois trata-se de um ERP personalizável com mais facilidade e que pode ser instalado por etapas, o que também facilita a forma de pagamento.

Aliás, depende da necessidade de cada empreendimento e da condição de negociação, afinal, a empresa contratada terá que disponibilizar mais mão de obra, como profissionais de TI. Servidores físicos carecem de manutenção, geram gastos com energia e com treinamento das equipes envolvidas.

Ao optar por um ERP On-Premise, torna-se necessário investir em infraestrutura de TI, sem falar que o tempo de implantação é bem maior, inclusive por causa da necessidade de ter que configurar os módulos que compõem esse ERP.

Em outro artigo, você pode saber mais sobre sistema ERP On-Demand 100% na nuvem ou On-Premise. Conheça as vantagens e desvantagens de cada um e tome sua decisão.

Ter um conjunto integrado de sistemas e aplicativos para gestão de restaurantes, fast-foods, redes e franquias em nuvem — incluindo planejamento de recursos financeiros, gerenciamento da cadeia de suprimentos e gerenciamento de capital humano — é possível e recomendável em muitos casos.

Sistema para restaurante desafia a opinião dos gestores 4

Saiba como a fazer uma gestão mais acertada da área de compras de seu restaurante.

Conforme os depoimentos demonstrados acima, os clientes da Teknisa comentam que sistemas 100% web e integrados levam agilidade para o negócio e o torna responsivo.

Sistemas 100% na nuvem são confiáveis e fornecem acesso imediato aos dados principais, atuais e abrangentes, sem a necessidade da intervenção de sua equipe de TI.

Tendo os dados de seu empreendimento compartilhados em armazenamento virtualmente ilimitado, o departamento financeiro pode modelar cenários para prever o fluxo de caixa e outros recursos, enquanto as demais operações e as vendas podem modelar a mudança de promoções, oferta e demanda.

Antecipar os níveis de demanda de compras é fundamental para um bom planejamento e aquisições bem-sucedidas, especialmente durante períodos economicamente difíceis. Com certeza, os sistemas 100% web vincularão e facilitarão a análise de dados em toda a cadeia de suprimentos, bem como de finanças e de outras operações.

Com sistemas Saas também é possível aproveitar os dados de experiência do dia a dia do seu negócio para prever as demandas. Você poderá contar com as sugestões preditivas de compras e de consumo por histórico, por entrega, por estoque e por meta de venda para fazer aquisições realmente necessárias, mantendo, assim, a sua cadeia de suprimentos bem organizada.

Ao planejar os cenários usando os sistemas em nuvem para o gerenciamento de capital humano, você tem acesso a números em tempo real sobre a capacidade disponível da força de trabalho.

Todos os benefícios que mencionamos ao longo deste artigo podem ser encontrados nos sistemas e aplicativos empresariais da Teknisa — sejam ERP, HCM, SCM, sejam PDVs voltados para o negócio food service — todos compartilham uma arquitetura de dados comum.

Podemos afirmar que na maioria das soluções disponíveis no mercado a integração total entre os sistemas para gestão de restaurantes e afins não existe de forma tão concisa. Esse fator pode ser um problema a médio e longo prazo.

As soluções concorrentes da Teknisa, na maioria das vezes, têm que integrar seus ERPs com sistemas externos de HCM, SCM, entre outros, o que além de causar perdas em performance, aumenta os custos com tecnologia. Fica a dica!

Vamos bater um papo sério sobre PDV / POS

É certo afirmar que o mundo de hoje gira em torno da tecnologia. Se antes os softwares eram uma poderosa carta que os gestores de restaurantes poderiam ter na manga, hoje, eles são essenciais para o bom funcionamento de um negócio.

Todos os dias surgem novos softwares e novas atualizações referentes a eles, e é imprescindível que o gestor de um bom restaurante, por exemplo, mantenha seu PDV atualizado, para ter uma gestão mais prática e moderna.

Um bom sistema de PDV pode auxiliar o gestor em todos os processos administrativos e produtivos de um restaurante. Seja otimizando a gestão de estoque e oferecendo mais opções de Cardápios Digitais aos clientes, seja evitando confusões e atrasos relacionados a pedidos feitos no restaurante.

Continue a leitura! Esta é uma oportunidade para que você aprenda um pouco mais sobre as funcionalidades de softwares que são recomendados por gestores de restaurantes que são sucesso no Brasil.

Sistema PDV de restaurante

Antigamente, os sistemas de PDV eram simplórios, baratos e tinham o propósito de auxiliar os restaurantes apenas com as vendas e as transações realizadas. No mundo moderno, esses sistemas se transformaram em softwares poderosos, essenciais para o funcionamento e a sobrevivência dos estabelecimentos.

Os sistemas modernos de PDV, agora, têm o poder de auxiliar os gestores no caixa de pagamento, em TAA – Terminais de Autoatendimento, em Cardápios Digitais, sistemas de delivery, atendimento aos clientes nos restaurantes físicos e gerenciamento do faturamento e das finanças.

Com todos os avanços proporcionados pela inteligência artificial, esses sistemas podem ser disponibilizados em tablets, smartphones, iPads, totens etc. Não é mais necessário um desktop que ocupe um espaço gigante para usufruir dos benefícios de um sistema PDV.

Com o PDV Odhen by Teknisa, você terá um sistema completo para gestão do seu estabelecimento
          

  • Odhen POS – Gestão de frente de caixa
    Plataforma mobile, tela adaptável para organizar visualmente os produtos de maneira que agilizam a venda;
    Integração com as máquinas LIO, Gertec e outras.
  • Odhen Delivery – Aplicativos para smartphones
    Aplicativos de delivery próprio integrados ao Google Maps;
    Integração com os maiores marketplaces e APPs de entrega do mercado: iFood, Neemo, UberEats, e muito mais!
    Cardápio Digital Online;
    Possibilidade de divulgação de links ou QR Codes nas redes sociais;
    Consolidação de pedidos feitos por App, Call Center ou site em um só lugar.
  • Odhen TAA – Terminal de Autoatendimento
    Redução de atendentes e de filas e espaço de promoções ativas o tempo todo.
  • Odhen Waiter – Comanda eletrônica – atendimento via tablets
    Pedidos atendidos pelo garçom com envio automático para a produção;
    Cardápio Digital para pedidos na mesa sem ajuda do garçom.
  • Odhen Retail – Gestão de Vendas
    Tomadas de decisões ágeis para promover aumento do faturamento;
    Ticket Médio; Vendas por Operador; CMV; Preço de Venda x Custo do Produto; Resumo do Fechamento de Caixa; Quebra de Caixa; Gestão da Operação pela Retaguarda; Informações em Tempo Real.
    Indicadores personalizados para gestão diária das vendas e custos.
  • Odhen Retail – Gestão do backoffice e dos custos, estoque, financeiro, compras e fiscal
    Contas a Pagar e Contas a Receber; Controle dos Pedidos por Prazo de Recebimento; conciliador de cartões para a conferência e organização das taxas cobradas pelos adquirentes e controle do recebimento de cartões, sem dependência de planilhas; Nota Fiscal NF-e, Fiscal NFC-e/SAT/MFe.
    Ficha técnica dos pratos, com insumos detalhados.
  • Odhen KDS – Kitchen Display System
    Gestão da produção de pedidos utilizando um monitor;
    otimização de tempo de produção integrado ao atendimento; alertas temporais para higienização das estações de trabalho e dos operadores; gestão de pedidos conforme ordem de entrada e tempo de preparo; expedição no formato checklist.

O que você poderá usufruir com o software de automação comercial: PDV e ERP para gestão de restaurantes e afins

  • Análise com base no número de vendas, quais são os pedidos/pratos mais vendidos e menos vendidos ao longo do dia;
  • Controle de caixa; cálculo de entradas e saídas de valores;
  • Relatórios de vendas nos quais o gestor poderá analisar quais são os horários de pico e com isso saber qual é a melhor distribuição da sua mão de obra;
  • Registro das formas de pagamento de cada um de seus clientes;
  • Folha de pagamento do estabelecimento;
  • Registro das vendas e todas as suas proporções;
  • Relatórios de informações de todos os clientes do seu restaurante;
  • Software de restaurante único, do PDV à retaguarda, adaptado e configurado especialmente para o seu estabelecimento.

Sistema para reserva de mesas

O sistema “caneta e papel” já é algo arcaico e praticamente sem espaço no mercado atual. Modernizar seu restaurante com um sistema de reservas e gerenciamento de mesas é algo necessário para ter mais agilidade no atendimento e para manter sua clientela satisfeita.

Um bom sistema para gestão de restaurantes tem funcionalidades que organizam as tarefas da sua equipe. Por exemplo, o garçom pode ter controle total de todas as mesas que estão em atendimento, além da possibilidade de visualizar todos os ambientes do seu estabelecimento.

O sistema de automação comercial da Odhen by Teknisa disponibiliza todas essas informações por meio de tablets, smartphones e totens, possibilitando o controle do consumo nas mesas e o acesso a tudo que foi pedido em cada uma especificamente.

Além disso, por meio de sinalizações e de cores, o garçom pode ver quais mesas já estão reservadas (e a partir de que horas), quais ainda estão disponíveis e quais estão sem fazer pedido por um longo período de tempo.

  • Solução 100% Mobile;
  • Diminuição da possibilidade de esquecimento ou de falta, por meio de lembretes únicos para cada consumidor;
  • Facilidade na gestão das mesas por meio de um sistema fácil, intuitivo e online;
  • Previsão da demanda por mesas para os próximos dias;
  • Prevenção para que o número de reservas de mesas não seja maior do que o número real de mesas;
  • Registro de informações e de dados dos clientes para que sejam usados em atividades de marketing promocional (e-mails, mensagens etc.) e em alertas em datas especiais (aniversário etc.);
  • Abertura de conta por posição na mesa, atendimento ágil e aumento da rotatividade no salão;
  • Redução nos erros dos pedidos;
  • Aumento de produtividade e de giro das mesas sem que haja deslocamento do garçom entre cozinha e salão, proporcionando o atendimento de um maior número de mesas no restaurante e a satisfação dos consumidores;
  • Ícones que alertam ao garçom informações sobre as mesas com maior tempo sem pedidos;
  • Exibição de status de solicitação de conta e fechamento, liberando as mesas mais rapidamente para outras pessoas usarem;
  • Lançamento de pedidos conforme posição da pessoa na mesa, possibilitando também o fechamento e recebimento da conta para cada posição separadamente, sem necessidade de fechamento de toda a mesa. A partir das comandas eletrônicas, o atendente consegue administrar os pedidos de cada mesa de forma detalhada. Isto é, por meio de um tablet, por exemplo, ele pode anotar os pedidos por localização do cliente na mesa, e esta mesma divisão aparece no cupom fiscal.

O Odhen by Teknisa é um bom sistema de gerenciamento de mesas de uso fácil e intuitivo, sem a necessidade de um treinamento ou de horas de adaptação.

Gestão de custo dos alimentos

A Odhen apresenta também outra poderosa ferramenta para o seu restaurante: a gestão de custo dos alimentos. O objetivo principal do gestor de um restaurante é o aumento da lucratividade, e a principal fonte de receita que o estabelecimento tem é o alimento que ele comercializa.

Um sistema de PDV que auxilie o custeio de alimentos é algo necessário para que um restaurante garanta seu lucro. Com ele, o gestor se beneficiará com uma gestão de estoque inteligente, além de poder contar com uma análise detalhada de cada item de cada prato do cardápio.

  • Análise da margem de lucro de cada prato;
  • Percepções de investimentos em novos pratos para um aumento da demanda;
  • Análise baseada no custo da mão de obra, da produção e dos custos fixos.

Gestão de estoque

Bons sistemas para restaurantes oferecem um gerenciamento de estoque automatizado, que vai substituir os erros humanos pela exatidão proporcionada pelos softwares. Sistemas integrados entre si permitem que as informações passem de um setor para outro com facilidade. Exemplos: do estoque para compras, das compras para o financeiro, do financeiro para a contabilidade etc.

Com a garantia de um estoque organizado em tempo real, o gestor vai poder se concentrar no que o seu restaurante tem que oferecer de melhor: uma experiência memorável para os seus consumidores.

  • Monitoramento da movimentação de estoque e estoque cego;
  • Monitoramento constante do estoque mínimo e do estoque de segurança;
  • Inventário rotativo com contagem diária e rotinas de ajustes de inventário;
  • Cálculo da necessidade de compras;
  • Acompanhamento do CMV e controle de requisições;
  • Controle dos valores e das requisições, o que facilita a gestão das compras;
  • Controle das retiradas de diferentes almoxarifados;
  • Controle das retiradas de produtos acabados, de consumo e de perdas;
  • Controle do estoque e ficha técnica dos pratos, com insumos detalhados.

Gestão financeira, contábil e fiscal

Uma boa administração contábil é primordial para o seu restaurante, e sem um bom software que auxilie com esses elementos de operação, o estabelecimento estará em sérios apuros. Conte com a possibilidade de ter integração do início ao fim, do PDV à retaguarda, e a operação terá ganhos de processos e de resultados.

Na área fiscal, existem muitas rotinas e regras a serem cumpridas e o dia a dia da equipe não é simples. Por isso, ao contratar um bom sistema de gestão para seu restaurante, observe se ele simplifica o cotidiano desse departamento.

O sistema fiscal da Odhen by Teknisa tem uma característica bem prática: ele conta com uma tela única para que você possa fazer a importação de Notas Fiscais emitidas diretamente da SEFAZ com alimentação instantânea dos tributos previamente cadastrados de acordo com a regra e regimes fiscais brasileiros. Tem também uma tela única para definir regras das obrigações fiscais e obrigações acessórias. Além disso, tem uma funcionalidade que faz a constatação das inconsistências em relação às ordens de compras e às tolerâncias previamente inseridas, referentes a valores e quantidades, para que haja bloqueio da entrada das notas fiscais divergentes.

Manter tudo dentro das normas da lei federal é um desafio e, para isso, os sistemas da Teknisa disponibilizam para o gestor relatórios de consistência fiscal para sinalizar problemas e evitar retrabalhos no fechamento da geração de SPED.

  • Emissão de relatórios de consistência fiscal;
  • Pré-cadastro das alíquotas;
  • Classificação fiscal dos impostos;
  • DRE por unidade ou para uma rede inteira com comparativo entre CMV ideal e real;
  • Rentabilidade de todos os produtos conforme despesas e também de acordo com os custos da operação de venda;
  • Relatórios e gestão da evolução dos custos dos produtos a partir das entradas das Notas Fiscais;
  • Relatórios de inconsistências na conciliação de cartões de crédito e de débito e por produtos das adquirentes;
  • Relatórios de despesas e receitas, de vendas por modalidade, por produto, por dia e por horário;
  • Relatórios gerenciais com layouts customizáveis e gestão de fluxo de caixa para que haja monitoramento da saúde financeira do seu estabelecimento;
  • Relatórios para controle financeiros de despesas X receitas. Controle de títulos a receber e a pagar;
  • Integração bancária: CNAB – Conciliação Bancária Automática – após importação do extrato – ofx. DDA. Análise e consolidação das receitas e despesas, do real e do previsto;
  • Relatórios de Curva ABC de fornecedores e de produtos conforme autorizações de fornecimento. Qualificação desses fornecedores.

Gestão de compras

Aquisições mais inteligentes requerem sistemas especiais, com sugestão de compras e de consumo por histórico, entrega, estoque e meta de venda.

Pense nisso, pois para uma rede de franquias de fast-food e afins, a sugestão de compras proporcionada por um bom sistema de compras eleva os ganhos e garante o abastecimento correto das várias lojas. Possibilita ainda que as unidades não percam vendas por falta do produto e nem tenham estoques parados, principalmente quando o assunto é item perecível.

  • Qualificação dos fornecedores e dos custos da aquisição de produtos de acordo com o histórico das negociações, garantindo compras mais inteligentes;
  • Níveis de aprovação das solicitações de compra para emissão das autorizações de fornecimento para fornecedores homologados;
  • Consolidação dos pedidos de compras em um só ambiente;
  • Autorizações de fornecimento e cálculos de necessidades de compras;
  • Alçadas de compra com valores e quantidades limitadas por operador ou por setor.

Business Intelligence para restaurantes

A boa gestão lida com informações claras, objetivas e específicas para embasar as decisões de forma mais acertada. É preciso contar com indicadores que refletem a performance da empresa: eles são os guias das decisões gerenciais. A ideia é maximizar os lucros e reduzir despesas.

Conte com os KPIs, destacando que eles devem ser adaptáveis à realidade do restaurante. Saiba utilizá-los a seu favor! Para isso, eles devem possibilitar o cruzamento de informações de faturamento, de ranking de produtos e de unidades com maior venda, entre outros.

 

Tabela de Preços dos sistemas para restaurante da Teknisa

Consulte os planos e preços do melhor sistema de PDV para restaurantes (ODHEN by TEKNISA)

Se o seu plano é acelerar suas vendas, reduzir custos, otimizar sua gestão e garantir alta performance de seus processos, você precisa conhecer as soluções Odhen by Teknisa:

Odhen Express

R$2.500,00 implantação

R$250,00 mensais

Um PDV em Cada Unidade

Empresas no regime do Simples Nacional
Até 02 unidades com 01 PDV cada
Sem limite de emissão de cupons
Implantação 100% remota (em até 02 semanas)
Sem limite de impressoras
Gestão das vendas
Relatórios de vendas e gerenciais
Gestão de Estoque
Gestão financeira
Gestão da operação das lojas
Sem limites de vendas mensais
01 ano de EAD e Webinar Grátis
Sistema totalmente WEB
100% Fiscal com abrangência nacional
Servidor SaaS- 100% Nuvem
Venda balcão, Mesa, Comanda e Delivery em uma única tela
Integração com Marketplaces (iFood, UberEats, Neemo, entre outros)
Suporte- 07 dias por semana de 07h às 23h (incluindo feriados)

Odhen Middle

R$6.000,00 implantação

R$270,00 mensais

Um PDV em Cada Unidade

Empresas no regime do Simples Nacional
Empresas nos regimes Lucro Presumido e Real
Até 03 unidades com 01 PDV cada
Sem limite de emissão de cupons
Implantação Remota e Presencial em até 01 mês
Sem limite de impressoras
Gestão das vendas
Relatórios de vendas e gerenciais
Gestão de Estoque
Gestão financeira
Gestão da operação das lojas
Sem limites de vendas mensais
01 ano de EAD e Webinar Grátis
Sistema totalmente WEB
100% Fiscal com abrangência nacional
Servidor SaaS- 100% Nuvem
Venda balcão, Mesa, Comanda e Delivery em uma única tela
Integração com Marketplaces (iFood, Uber Eats, Neemo, entre outros)
Suporte- 07 dias por semana de 07h às 23h (incluindo feriados)
Expansão até 10 unidades com modalidades de venda balcão e delivery
DRE
Programa de Fidelidade
Adesão de Adicionais: Autoatendimento, KDS, conciliador de cartões e outros!
Expansão nas modalidades de venda, mesa e comanda de até 05 unidades

Odhen Premium

 Sob Consulta

Sob Consulta

Ilimitado

Empresas no regime do Simples Nacional
Empresas nos Regimes Lucro Presumido e Real
Não limita quantidade de unidades e PDV’s
Sem limite de emissão de cupons
Implantação Remota e Presencial
Sem limite de impressoras
Gestão das vendas
Relatórios de vendas e gerenciais
Gestão de Estoque
Gestão financeira
Gestão da operação das lojas
Sem limites de vendas mensais
01 ano de EAD e Webinar Grátis
Sistema totalmente WEB
100% Fiscal com abrangência nacional
Servidor SaaS- 100% Nuvem
Venda balcão, Mesa, Comanda e Delivery em uma única tela
Integração com Marketplaces (iFood, Uber Eats, Neemo, entre outros)
Suporte- 07 dias por semana de 07h às 23h (incluindo feriados)
Expansão de novas unidades com modalidades de venda balcão e delivery
DRE
Programa de Fidelidade
Adesão de Adicionais: Autoatendimento, KDS, conciliador de cartões e outros!
Expansão nas modalidades de venda, mesa e comanda de novas unidades
Planos especiais para redes e franquias (franqueador e franqueado).
Projeto supervisionado por consultores

As soluções integradas da Teknisa permitem que os gestores de empresas de alimentação façam várias mudanças de ponta a ponta. Você não pode perder essa oportunidade! As soluções Teknisa podem tornar sua empresa mais ágil e resiliente diante de mudanças contínuas do mercado.

Consulte também nossos planos e preços para o ERP, HCM e SCM.

Acesse abaixo o e-book que é um guia rápido contendo as principais razões pelas quais um software para restaurantes alcança uma pontuação relevante quando o assunto é ser o especialista em alimentação fora do lar. Além de aprender quais são os parâmetros para avaliar qual é a melhor empresa desenvolvedora do seu futuro ERP para seu restaurante.

Baixe o e-book Sistema para gestao de restaurantes bares redes e franquias

Conclusão

Depois de ler este artigo, dificilmente sua opinião não vai mudar. Foram apresentados casos de sucesso e argumentos para que, antes de adquirir um sistema, você possa fazer a escolha tendo os pés firmes no chão.

Adquirir um bom sistema de gestão de restaurantes é também optar pela empresa que o desenvolveu. Lembrando que do ERP, HCM, SCM ao PDV, a melhor opção é aquela em que eles são totalmente integrados entre si e 100% armazenados na nuvem. Não é só o preço que conta no momento da avaliação da aquisição. Ao avaliar o ROI – retorno do investimento é necessário colocar na conta os ganhos em performance dos processos, a redução de custos, a economia financeira e de infraestrutura tecnológica.

Os clientes da Teknisa recomendam as ferramentas de gestão desenvolvidas pela empresa e eles afirmam que são tratados como únicos. A Teknisa é parceira de verdade e assiste seus clientes de perto.

Aplicativos de apoio, como Cardápio Digital, Delivery, TAA – Terminais de Autoatendimento – são imprescindíveis para que você possa atuar com modernidade e de maneira acertada . Eles são canais de venda que devem ser levados em consideração.

O poder de decisão deve ser fundamentado em dados reais, e estes devem ser documentados e coletados em tempo real, sejam da operação de vendas, sejam dos setores administrativos do seu negócio. Invista na análise de KPIs diariamente para que você não corra o risco de fazer uma gestão de ‘autópsia’.

Investir na implementação de um sistema para restaurantes é, no mínimo, obrigatório para garantir uma gestão mais eficaz do empreendimento. Mais que garantir um atendimento efetivo, é também assegurar a otimização do fluxo interno dos restaurantes. Assim, o conjunto da obra surte efeito positivo para ambos os lados.                             

  1. O sistema para restaurante moderniza o atendimento
    Quando falamos de sistemas para restaurantes, é impossível não associar a modernização como principal vantagem da implementação. Por meio de softwares tecnológicos, é possível otimizar vários processos, a começar pelo atendimento. A ideia de controlar os pedidos com comandas de papel, por exemplo, pode parecer autossuficiente. Entretanto, não é ainda mais eficaz poder controlar cada solicitação por meio do sistema para restaurante? Dessa forma, evitam-se variantes como erros internos e perda de comandas. Além disso, o gestor ainda economiza com os impressos e agiliza o atendimento, que costuma ser o segmento de maior importância apontado pelos clientes contemplados.
  2. Facilita a gestão do estoque
    Poder contar com o software para restaurantes também facilita a gestão do estoque. A ideia de centralizar as informações de cada produto, como disponibilidade e preço, facilita ainda mais o trabalho dos gestores. Dessa forma, é possível garantir assertividade no controle do estoque, evitando a carência de mercadorias, que compromete, inclusive, a satisfação dos clientes atendidos. Além disso, a precisão quanto ao acesso de dados dos produtos (rastreabilidade) também evita o desperdício, minimizando, assim, prejuízos para o seu empreendimento.
  3. Auxilia a gestão do Ponto de Venda
    Além de tornar a pesquisa de produtos ainda mais ágil e eficaz, o sistema para restaurantes também torna acessível a gestão do ponto de venda. Poder administrar vários dados simultâneos é mais uma vantagem significativa da adoção dos softwares. Gerenciar as vendas, mensurar resultados e definir relatórios também são alguns benefícios que os sistemas agregam ao seu estabelecimento. E o que é melhor: não apenas em um ponto de venda, como de vários.
  4. Otimiza os fluxos internos
    A adoção do software para restaurantes não só moderniza o estabelecimento, como também otimiza o fluxo interno. Painéis informativos aprimoram ainda mais a comunicação entre os atendentes e a equipe da cozinha. Dessa forma, evita-se o gasto com materiais para a impressão de comandas, além de minimizar transtornos com pedidos visualizados de forma incorreta. Para os clientes, a implementação do software para restaurantes evita filas (autoatendimento) e longas esperas. Assim, a adoção do sistema também otimiza tanto a entrada quanto a saída dos consumidores como um todo.
  5. Aumenta a comodidade e segurança
    Centralizar todas as informações necessárias em um software garante, não apenas seu rápido acesso, como também a segurança dos dados. O armazenamento dos materiais e números asseguram uma consulta com mais exatidão, sem mencionar o envio de relatórios, que possibilitam a visualização mais apurada dos resultados. Um software de procedência reúne os dados, evitando a perda causada por ataques cibernéticos ou falhas internas. É como garantir a longevidade dos dados do estabelecimento, tornando-os acessíveis para consulta sempre quando necessário.

Diante de um mercado cada vez mais competitivo, adotar ferramentas tecnológicas consiste em um importante diferencial, e que garante, sobretudo, a longevidade da empresa em relação aos seus concorrentes.


Esperamos que tenha gostado da leitura. Faça seu comentário!

Fale conosco! Estamos à sua disposição.

 

 

Você pode ser recebido por algum de nossos clientes para conhecer a operação deles e fazer uma comparação com o seu empreendimento.
Queremos te conhecer melhor para avaliarmos a possibilidade.
O bate-papo é sem compromisso! :)