Cuidar de um restaurante é um desafio diário. Isso porque são vários os processos que devem estar alinhados para que tudo saia dentro dos conformes. Isto é, de forma a garantir a satisfação e evitar reclamações dos clientes em restaurantes.

Você, enquanto gestor, está ciente do que os consumidores mais reparam quando vão a um restaurante? Atentos a cada detalhe e cada vez mais exigentes com o serviço prestado, os clientes assumem um papel cada vez mais ativo no consumo.

Sabendo disso, vamos enumerar algumas das reclamações mais comuns em restaurantes e como você pode resolvê-las utilizando estratégias condizentes com o mercado atual.

Vamos descobrir quais são? Continue acompanhando logo abaixo. 🙂

reclamações dos clientes em restaurantes

1. Filas e superlotação

Uma das principais causas de reclamações dos clientes em restaurantes são as filas, que ocasionam longas esperas, sobrecarga dos atendentes, dentre outros transtornos. Esse problema é bastante comum, principalmente em datas especiais, como no Dia das Mães.

Sabendo disso, cabe ao gestor optar por estratégias para minimizar a espera de seus clientes. Para isso, é possível contar com soluções de automação comercial, como é o caso dos terminais de autoatendimento.

Disponibilizar totens para que o próprio cliente possa realizar seus pedidos torna o processo mais ágil, seguro e personalizado. Utilizando a tecnologia de autoatendimento, o gestor não apenas reduz filas em seu estabelecimento, como também minimiza os erros gerados por alguma desatenção dos garçons.

Ao confirmar o pedido no terminal de autoatendimento, ele já é enviado até a equipe da cozinha que dará início ao preparo de forma imediata. Ideal para tornar o fluxo mais ágil e evitar a insatisfação dos clientes.

Outra alternativa é investir em sistema PDV (Ponto de Venda), outra vertente da automação comercial. Assim, os garçons do estabelecimento poderão atender aos clientes na própria fila utilizando um tablet para fazer os pedidos e também enviá-los até a equipe da cozinha. Simples e prático.

2. Demora na entrega dos pedidos

Tão desagradável quanto ter que esperar muito tempo para ser atendido, é também ter que aguardar por um pedido que não chega à mesa.

Seja qual for o motivo do atraso na preparação e na entrega dos pratos, deixar o cliente aguardando além do necessário é algo a ser evitado. Isso porque longas esperas abrem precedentes para reclamações e descontentamentos com o restaurante, ainda que o pedido tenha sido entregue com qualidade.

É possível evitar a demora na entrega dos pedidos por meio da tecnologia. É o caso do PDV, citado anteriormente, que permite que os atendentes registrem e repassem os pedidos diretamente à equipe da cozinha, sem a necessidade de se locomoverem até o local.

Ou seja, se o pedido for realizado através da tela de um tablet diretamente da mesa, o garçom otimiza deslocamentos pelo espaço do restaurante, além da desatenção gerada por outros clientes que o chamam durante o seu trajeto.

Por sua vez, a equipe da cozinha pode contar com a solução KDS (Kitchen Display System), uma tela que disponibiliza os pedidos repassados pelos atendentes, além do tempo para o preparo, sinalizados em cores para facilitar a visualização dos profissionais. A tecnologia permite, inclusive, a entrega de todos os pratos ao mesmo tempo em uma mesa.

3. Informações defasadas no cardápio

Outro incômodo que gera reclamações é a falta de clareza nas informações sobre o cardápio. É bastante comum que os clientes estreantes tenham dúvidas sobre o que o restaurante oferece e peçam mais detalhes ao atendente.

Porém, é comum que o garçom, em alguns casos, possa não ter certeza da disponibilidade de determinado produto, por exemplo, o que o leva a ir até a cozinha e a voltar à mesa. Esse processo consome tempo, certo?

Por isso, o ideal é que o atendente tenha mãos o cardápio atualizado com todas as informações necessárias para o cliente. Mais uma vez, a solução de PDV com comanda eletrônica é ideal para esse caso.

Além de poder informar se o produto está disponível, é possível também informar se ele possui determinado ingrediente, respeitando a restrição alimentar ou a preferência do cliente. Assim, o profissional presta um atendimento muito mais completo e personalizado, com grandes chances de encantar e fidelizar o cliente.

4. Mau atendimento prestado pela equipe

Tony Hsieh, CEO da Zappos, afirma que: “Atendimento ao cliente não deveria ser apenas um departamento, deveria ser a empresa inteira”.

Isto é, nem precisamos reforçar o quão importante é prestar um atendimento de qualidade, certo? E não estamos falando apenas de agilidade e de qualidade na entrega, mas também da cordialidade da equipe de atendentes.

Você sabia que 60% dos consumidores já desistiram de realizar alguma compra por conta de um mau atendimento?

Sabendo disso, invista em capacitação da sua equipe de atendentes para que ela esteja sempre de prontidão para um atendimento de qualidade aos seus clientes, evitando erros desde falta de conhecimento no cardápio até a demora para trazer a conta.

Tenha em mente que esses profissionais têm o poder fazer com que o consumidor se apaixone pela marca e o torne advogado da sua empresa. Mas, lembre-se: serviço lento e demorado afasta a clientela.

5. Descubra o que seus clientes têm a dizer!

Não medir satisfação do cliente também é um erro a se evitar. Você também pode investir em soluções para antecipar ou entender como seus consumidores têm se sentido em seu estabelecimento.

É o caso de aplicativos de pesquisa de satisfação, que também podem ser disponibilizados em totens no espaço do restaurante para que o cliente avalie o atendimento após a experiência. Ou, se preferir, o gestor pode optar por outras ações de marketing para ter acesso ao feedback dos consumidores, como o disparo de e-mails.

Sabendo das necessidades dos seus clientes, os líderes poderão optar com estratégias assertivas para aprimorar cada vez mais os serviços ou os produtos do seu estabelecimento. E o resultado positivo, é claro, só tende a aumentar.

Não deixe de comentar abaixo o que você achou do texto. Compartilhe também em suas redes sociais. Esperamos ter ajudado. Até a próxima! 🙂

Ficou interessado em saber mais sobre o assunto?
Então não deixe de entrar em contato com um de nossos consultores.
O bate-papo é sem compromisso! 🙂