Você já observou que várias empresas estão oferecendo PDV, aplicativos de delivery, soluções para autoatendimento e até soluções com inteligência artificial para o mercado? Com tanta oferta, esse excesso de oferta deixa o processo de compra bem confuso para o empreendedor que deseja adquirir o produto com o melhor custo-benefício.

Muitas empresas que oferecem estes sistemas para gestão de restaurantes, pizzarias, lanchonetes etc. costumam disponibilizar uma versão gratuita dos softwares, mas o que as micro e pequenas empresas não levam em consideração é que geralmente trata-se de uma degustação do sistema — o que não é ideal para seu negócio a longo prazo.

No frigir dos ovos, uma gestão inteligente de um estabelecimento de alimentação, ainda que seja de um pequeno negócio, vai exigir muito mais funcionalidades para controlar, de fato, as finanças, as compras, a produção, as vendas, as comandas etc. do que as versões gratuitas disponibilizam.

e-book de autoatendimento - Odhen By Teknisa

Não é em todos os casos, mas costuma ser um perda de tempo ficar testando sistemas de gestão enquanto o seu negócio está funcionando e acumulando tarefas relacionadas à administração. Fique atento! Neste blog, vamos trazer questionamentos que podem tornar a escolha do seu sistema mais dinâmica e certeira.

É possível adquirir os mesmos sistemas para gestão utilizados pelos gigantes da alimentação fora do lar?

Algumas empresas têm experiência comprovada em produtos voltados para o segmento de alimentação fora do lar, fato. Geralmente, os grandes empreendedores sabem disso e já usam tais soluções para o food service que abrangem grande parte da gestão deles. Mas, os pequenos empreendedores devem se perguntar: como adquirir os sistemas usados por gigantes do food service se eles não cabem em seus orçamentos no momento? Esta também é a sua pergunta? Se sim, vamos às respostas.

Case de sucesso Julietto e Teknisa

Seja sua empresa de grande, médio ou pequeno porte, o sistema Odhen by Teknisa, presente no mercado de alimentação desde 1990, tem uma versão especial para os diferentes portes de empreendimento. De acordo com levantamentos realizados pelos técnicos da Teknisa junto ao mercado, o que muda na gestão de uma empresa menor para outra maior é a quantidade de pessoas na equipe para realizar tarefas e registrar os dados para dentro do sistema. É por isso que uma solução especializada para os grandes empreendimentos é diferente de uma solução focada no pequeno negócio.

Quando se tem um volume maior de mão obra significa que a movimentação da produção, das compras e das vendas, por exemplo, também são bem maiores também, certo? Então, este fator requer um software com muito mais recursos técnicos, o que é desnecessário ao pequeno negócio.

Se o pequeno negócio tem pouca mão de obra, sendo que muitas vezes é o proprietário quem compra, vende e até produz, logo a ferramenta de gestão tem que ser simplificada para que ele consiga, ainda que minimamente, registrar dados, emitir notas fiscais, ficar em dia com as obrigações fiscais, manter a organização do estoque etc.

O empreendimento pode ser de pequeno porte, mas merece o mesmo produto equilibrado e assertivo, assim como é para os grandes players do mercado. Um software enxuto não pode significar de baixa qualidade.

Uma solução especializada em micro, pequenos e médios negócios dispensa algumas funcionalidades para otimizar o grande volume de informações peculiar aos grandes negócios. Por isso, um bom sistema para empreendimentos menores não deveriam possuir excesso de funções e que não agregam valor ao software e nem ao estabelecimento. É exatamente a forma como o sistema é idealizado que o faz uma solução com um baixo custo-benefício e que cabe no bolso do pequeno proprietário.

Fazer comparações e testar soluções não deveria tomar tempo demais. Quando não se tem tempo, confiar em ferramentas consolidadas pelo mercado é uma boa decisão. As funcionalidade dos sistemas que compõem o pacote de soluções da Odhen by Teknisa estão aqui listadas para que um proprietário de empreendimentos de alimentação fora do lar, seja de que porte for, possam fazer suas comparações e promover a melhor experiência aos seus consumidores.

O que se pode gerenciar através de ferramentas para gestão de empreendimentos de alimentação fora do lar?

Personalização dos principais indicadores para acompanhamento de lojas, vendas e custos:

  • Ticket Médio;
  • Vendas por Operador;
  • CMV;
  • Preço de Venda x Custo do Produto;
  • Resumo do fechamento de caixa;
  • Quebra de caixa;
  • Gestão da operação pela retaguarda;
  • Informações em tempo real.

Agilidade e segurança sob medida para a retaguarda de sua empresa:

  • Controle de combos, programa de fidelidade, cupons e promoções;
  • Controle do estoque e ficha técnica dos pratos, com insumos detalhados;
  • Controle compras, custos, faturamento e produção;
  • Contas a Pagar e Contas a Receber;
  • Controle dos pedidos por prazo de recebimento;
  • Conciliador de cartões para a conferência e organização das taxas cobradas pelos adquirentes e controle do recebimento de cartões, sem dependência de planilhas;
  • Nota Fiscal NF-e, Fiscal NFC-e/SAT/MFe.

Redução de taxas de marketplaces e foco no seu consumidor:

  • Aplicativos de delivery próprio de fácil configuração e integração ao Google Maps, Ifood, Neemo e Uber Eats. ;
  • Cardápio Digital Online com divulgação por link para venda nas redes sociais;
  • Gestão dos pedidos feitos por site, app ou call center consolidados em uma plataforma;
  • Terminais e aplicativos de autoatendimento para a otimização de custos, redução de filas, aumento do ticket-médio e melhora no atendimento ao cliente.
  • Comanda eletrônica para pedidos realizados pelo garçom com envio automático para a cozinha e cardápio digital para pedidos na mesa.

Gestão de status de pedidos por KDS – Kitchen Display System ou monitor eletrônico integrando a produção ao atendimento:
Otimização de tempo de produção, aumentando desempenho da cozinha.

Odhen PME

Qual é a solução ou a jogada de marketing ideal para aumentar o ticket médio de um pequeno ou grande negócio?

Pequeno, médio ou grande negócio precisam vender mais e de diferentes formas. Por isso foram listados acima várias funcionalidades e, entre elas, os aplicativos próprios de delivery porque eles são uma tendência que chegou ao mercado para melhorar estratégia que foca no aumento do ticket de vendas.

Apesar dos aplicativos de delivery próprio serem bem bolados e se demonstrarem mais focados no pequeno empreendedor, os grandes empreendimentos também podem se valer deles, embora invistam muito em marketplaces, que para eles é uma excelente estratégia.

Mas, apesar de os grandes empreendimentos utilizarem as estratégias disponíveis e terem seu público bem definido, os pequenos empreendimentos também podem conquistar seu espaço ao fidelizar seus consumidores, utilizando muito mais o aplicativo próprio do que os marketplaces (se é que para este tipo de empreendedor as taxas são altas e a competição por aparecer para seu público é bem difícil).

A estratégia de se ter um aplicativo próprio de delivery é muito boa para os pequenos e médios negócios de alimentação porque ficam livres de taxas e podem fazer seu marketing e programas de fidelização de compras, mas ainda tem alguns nós a serem desatados. Vamos falar um pouco sobre eles para trazer mais luz e mais segurança para uma decisão de adquiri-los ou não. Vamos lá?

O desafio dos APPs de delivery próprio está ligado aos diferentes tipos de comportamento que o consumidor tem para pedir de forma on-line alimentos produzidos fora do lar. Como resolver?

Os celulares têm um papel relevante na tomada de decisão dos consumidores, já que muitos deles têm posse de um aparelho smartphone. Esses dispositivos variam entre os que têm pouca e muita capacidade de memória. Este fato interfere no comportamento do consumidor quanto ao uso de aplicativos para realizar pedidos, por exemplo. Quanto menos memória, menos condições de se ter vários aplicativos instalados. Esta condição dificulta a aplicação da ideia de se ter um aplicativo próprio de delivery para aumentar as vendas.

Então, investir ou não em aplicativos próprios de delivery?

Já que a memória de um smartphone em alguns casos não permite o acúmulo de aplicativos para pedido de produtos, saiba que existem outras maneiras de facilitar a vida do consumidor. Por exemplo, leitura de QR Code que o leva diretamente ao cardápio digital do estabelecimento. Neste caso, o seu cliente poderá fazer o pedido e o pagamento diretamente por lá. É a união de um delivery próprio com um cardápio digital.

Esta vantagem contempla o consumidor e também o seu empreendimento que muitas vezes quer se livrar das taxas cobradas pelas plataformas de marketplaces, lugar onde é difícil destacar seus produtos. Até mesmo as grandes marcas do mercado de food service podem usufruir desta estratégia de vendas, e é mais um ponto indicativo dizendo que a sua marca não deveria ficar fora dessa jogada.

Ter cardápio digital com seus produtos, promoções e taxas de entrega bem bolados pode levar sua marca para outro patamar. Então, investir em aplicativos próprios e em cardápio digital pode ser muito bom para o seu negócio. Um link ou um QR Code que leva seu consumidor deve ser bem divulgado. Não dá para ser conhecido sem marketing e o marketing digital é uma excelente escolha.

 

Conclusão

Micro, pequenos e médios empreendimentos do setor de alimentação fora do lar agora podem contar com soluções em tecnologia utilizadas pelos grandes empreendedores deste mercado. Além de ter o custo-benefício atraente, os sistemas são de fácil utilização, implantação e manuseio, dispensando períodos longos de aprendizado. São várias opções para este porte de empresas.

Entretanto, os grandes players do mercado de alimentação continuam sendo bem atendidos com avançadas ferramentas, bem como o seu público consumidor. Consumidores gostam de variar o que comem a cada dia, e por isso coexistir com os vários tipos e portes de empreendimentos que oferecem, cada um deles, diferentes tipos de comida, requer estratégias diferentes de administração e por consequência diferentes soluções.

Os sistemas Odhen by Teknisa têm características que contemplam a gestão de pequenos, médio e grandes negócios de alimentação. Também tem um pessoal separado para falar com você sobre a melhor solução.

As demais soluções da lista que apresentamos acima pode completar e organizar a gestão do seu empreendimento e promover o aumento das vendas. Entre em contato conosco

Veja nossos pacote ou ligue pra gente!

Esperamos que o assunto deste post tenha sido relevante e animador! Deixe seu comentário, será um prazer ouvi-lo. 

Fale com nossos consultores!

Conheça o App eattake da Teknisa:  em 2 dias você pode ter o seu aplicativo de delivery!

 

Quer saber mais sobre nossos sistemas?
Converse agora com um dos nossos consultores e tire todas as suas dúvidas.