Ficar internado em um leito de hospital já não é uma das melhores experiências que existem. E a alimentação hospitalar, que poderia ser um acalento nessas horas, muitas vezes, pode deixar a desejar. Muitas pessoas, inclusive, tem o conceito que a refeição hospitalar não possui sabor e é sempre igual.

Mas, acredite! Essa visão está mudando. Os hospitais vêm se preocupando com a qualidade dos alimentos que servem aos pacientes. Além disso, cada vez mais, as instituições investem em suas equipes de nutricionistas.

E não é apenas o sabor que passou a fazer parte das refeições, os valores nutricionais dos alimentos também.

Se você, como nutricionista de um hospital, se preocupa com a alimentação dos enfermos, continue nos acompanhando para conhecer algumas soluções. 🙂

A importância da alimentação hospitalar

Sabemos da importância de montar uma dieta específica para cada caso. Mas, mais que isso: algumas refeições são determinantes para a recuperação de certos enfermos. Fora que, cá pra nós, quem não gosta de comer bem, certo?

E não é porque a pessoa está em uma cama de hospital que não pode ingerir alimentos saborosos — claro, respeitando suas devidas restrições alimentares.

Toda refeição preparada é única, e, por necessidade dietética, é indispensável que os cardápios sejam nutritivos e bem elaborados.

Mas, hoje, como você cuida da dietoterapia de cada paciente do hospital onde trabalha?

Além de se preocupar em oferecer um prato saboroso, como você trata a produção do início ao fim? Passa de quarto em quarto com um bloco de notas? Guarda todas as informações em planilha? Ou tem um sistema que te ajuda a tratar e armazenar as particularidades?

Caso tenha um software de planejamento de cardápio para hospitais, ele te atende em tudo que precisa?
Saiba que existem sistemas que facilitam — e muito — a vida de um nutricionista de hospital. Quer descobrir como? Fique ligado nas dicas que vamos te dar!

CTA Gestão em Alimentação

Como a tecnologia pode te auxiliar?

Alguns softwares fazem um controle apurado da produção desde a elaboração do cardápio até a geração de etiquetas de identificação, passando pelos custos e pela distribuição das refeições.

As ferramentas mais atuais oferecem o planejamento de cardápio, já levando em consideração a prescrição de cada paciente — e suas restrições alimentares — e calculam também o valor calórico e de nutrientes necessários em cada prato.

Mas, imagine todas essas informações na palma de suas mãos?

Hoje, com tantas atividades a serem feitas, os nutricionistas buscam agilidade, praticidade e mobilidade. As ferramentas diferenciadas oferecem aplicativos que contêm as informações de cada paciente e suas particularidades.

E o que é melhor: de forma integrada com a produção, otimizando tempo e agilizando o processo das prescrições.

Um bom software de alimentação hospitalar pode criar mapa para distribuição das refeições nos andares — com informações de ala e leito de cada paciente — mapa para montagem das bandejas e etiquetas de identificação das refeições nos hospitais, organizando a logística de distribuição das refeições.
E mais: é possível obter relatórios diversos para análise e criação de melhores estratégias.

Todas essas atividades, com o auxílio de um software específico para alimentação hospitalar, diminuem os índices de desperdício da cozinha — já que consideram o cardápio mediante orçamento pré-definido —, reduzem os riscos de erro e ainda evitam retrabalho.

Pesquisar, investir e otimizar!

É sabido que a tecnologia surge para otimizar a gestão de empresas e aumentar a performance dos profissionais em até 78%.

E, no cenário de alimentação hospitalar, a regra não é exceção.

Estando a par de alguns dos principais benefícios que o software proporciona aos profissionais, e à instituição como um todo, é hora de investir. Não se esqueça, é claro, de procurar e dar preferência por empresas com expertise de mercado.

Não se esqueça de comentar e compartilhar o texto em suas redes sociais. Até mesmo para que outros profissionais possam conhecer a solução Teknisa. Até a próxima! 🙂

Ficou interessado na solução para alimentação hospitalar?
Então não deixe de entrar em contato com um de nossos consultores.
O bate-papo é sem compromisso! 🙂