Quem trabalha ou se preocupa com alimentação sabe como é importante estar por dentro das tabelas de composição de alimentos.

Até porque, é a partir dos valores nutricionais que os profissionais da área conseguem se informar e estruturar dietas e cardápios mais saudáveis, sempre buscando a qualidade do que é servido.

Para os gestores, as tabelas de composição de alimentos são o principal parâmetro de consulta durante o planejamento de um cardápio, por exemplo, sendo indispensáveis em outras atividades que envolvem o consumo de refeições.

Seja em restaurantes comerciais ou corporativos, em concessionárias de alimentação, em escolas e até em hospitais, entender a composição alimentar torna-se uma função obrigatória para garantir, principalmente, a qualidade e a segurança dos alimentos, contribuindo para mais satisfação dos clientes.

Ainda não está convencido(a)? Então nos acompanhe nesta leitura para saber mais sobre o assunto. Vamos lá?

TCA - Tabelas de Composição de Alimentos

Consumidores: mais atenção aos novos hábitos!

Os consumidores estão cada vez mais atentos e exigentes com os produtos oferecidos pelo mercado.

Prova disso são os hábitos alimentares, que têm mudado, sendo direcionados em grande parte a refeições mais saudáveis e balanceadas. Pelo menos é o que afirma a pesquisa realizada pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo.

Segundo esse estudo, cerca de 80% dos brasileiros estão mais preocupados com a saúde e se esforçam para manter uma dieta mais equilibrada. Inclusive, 71% dos consumidores preferem opções de produtos mais saudáveis.

Essa mudança no hábito alimentar e a preocupação do que se consome fez com que o segmento de comidas saudáveis se desenvolvesse ainda mais no Brasil. Atualmente, o esse mercado cresce cerca de 12% ao ano.

Além disso, você sabia que 52% das pessoas leem rótulos dos produtos disponíveis nas gôndolas do supermercado? Esses dados incluem ingredientes e tabela nutricional.

Aos gestores e profissionais da área, esse novo comportamento exige algumas mudanças, até mesmo para garantir a satisfação dos clientes.

Assim, é natural que os mercados apostem cada vez mais em opções saudáveis que proporcionam mais qualidade de vida aos consumidores.

Mas, para planejar um cardápio mais balanceado, que atenda às exigências de seus clientes, você vai precisar das informações sobre os nutrientes dos alimentos, certo?

Por isso é essencial se manter inteirado aos valores da tabela alimentar. Assim, você poderá definir uma estratégia que contempla as necessidades e as expectativas dos seus clientes.

Lembre-se: consumidores satisfeitos, caso sejam fidelizados, podem aumentar a receita do seu negócio!

O que são as tabelas de composição de alimentos?

As TCA – tabelas de composição de alimentos reúnem informações sobre a composição química dos alimentos de um determinado país ou região, podendo ser consultadas tanto no formato impresso quanto no online (visualização ou download).

Esses dados de composição alimentar são essenciais para a tomada de decisões de profissionais de diversas áreas, não apenas de nutrição, como também de saúde, educação, indústria, agricultura e marketing de alimentos.

A criação da tabela de composição de alimentos se fez necessária pois todas as informações contidas nela servem como um pilar tanto para a educação nutricional quanto para a elaboração de políticas públicas.

Em outras palavras, o acesso à composição nutricional de cada alimento permite que os profissionais (e não apenas nutricionistas) possam criar estratégias que contemplam dietas mais saudáveis e equilibradas aos consumidores, sempre prezando pela qualidade de vida de cada um.

Em hospitais, por exemplo, a dietoterapia é essencial para a recuperação de um paciente. Sem o controle do que uma pessoa que está internada pode ou não comer, os responsáveis podem pôr o tratamento e até a vida do paciente em risco.

O fato é que sem as tabelas de composição de alimentos, não seria possível estruturar um cardápio que condiz com as restrições alimentares de um internado.

O mesmo vale para pessoas que almejam uma reeducação alimentar com o propósito de perder peso ou ganhar massa muscular.
Sem os valores nutricionais referidos nas tabelas, como um nutricionista poderá receitar o que é melhor para a dieta ou o que é correto ser ingerido e qual a quantidade correta?

Isso também se aplica para o comércio varejista e para a indústria alimentícia. Se não há informações estampadas nos rótulos, como o consumidor terá conhecimento do valor nutritivo de determinado alimento?

Até porque, no caso do varejo, muitas vezes o aumento ou até a redução de determinado nutriente pode ser um diferencial de mercado para aquele produto. Como por exemplo, mais ômega 3 ou menos quantidade de sódio.

Somado a tudo isso, estão também os estabelecimentos comerciais ou corporativos, como restaurantes, que necessitam de um planejamento de cardápio que contemple as necessidades mais básicas dos comensais.

Para isso, o menu planejado deve, pelo menos:

  • Ser rico e nutritivo;
  • Ser balanceado;
  • Ser atrativo.

E como tornar isso possível sem as TCA – Tabelas de Composição de Alimentos? Inviável, certo?

CTA para baixar o ebook da tabela nutricional

Como tornar mais prático o trabalho com as tabelas de composição?

Em uma empresa de Food Service, o trabalho com as tabelas de composição de alimentos estão relacionados ao cadastramento e à atualização dos nutrientes já pré-definidos pela equipe de nutricionistas.

A partir desses processos, e contando com o time de profissionais da área, é que o planejamento de cardápio é feito, sempre buscando por opções balanceadas que garantam a satisfação dos clientes.

No entanto, é possível tornar esse processo ainda mais prático com a ajuda de soluções de gestão especializadas nesse segmento.

É o caso da Consultoria Nutricional, que tem como objetivo auxiliar os líderes e colaboradores de uma organização a desempenhar o cadastramento e atualização de nutrientes mais rapidamente.

Esse trabalho externo otimiza o trabalho da sua equipe de profissionais, que muitas vezes acabam gastando muito tempo dando atenção à tabela de nutrientes.

Terceirizando o processo, você ganha tempo e desempenhos em gestão, evitando erros e retrabalhos com o cálculo dos nutrientes, por exemplo.

E o que é melhor: a Consultoria Nutricional respeita as exigências do PAT (Programa de Alimentação do Trabalhador).

Conclusão

Agora você já sabe a importância das tabelas de composição de alimentos e como elas essenciais à sua empresa.

Mais que um instrumento de consulta, as TCA – tabelas de composição de alimentos são pilares que auxiliam diversas áreas a trabalharem com mais exatidão, contemplando desde o planejamento de cardápio até a entrega do que é servido em restaurantes, escolas, hospitais, dentre outros estabelecimentos ou instituições.

Nesse caso, terceirizar o processo de manuseio da tabela pode aumentar a performance da equipe de profissionais em uma empresa, otimizando o processo de cadastramento e atualização dos nutrientes. Tudo isso possibilita mais transparência no momento de estruturação de uma dieta mais saudável e balanceada aos consumidores.

Curtiu o conteúdo? Então deixe o seu comentário abaixo e compartilhe o texto em suas redes sociais. Esperamos ter ajudado. Até a próxima! 🙂

Quer saber mais sobre a solução apresentada no texto?
Entre em contato agora com um de nossos consultores para tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto.