Prefere áudio? Então clique e ouça este artigo

Quando o assunto é gestão de controladoria em uma empresa, o que vem à sua mente?

Provavelmente um cenário corporativo, em que empresários devem correr contra o tempo para ter informações estratégicas em mãos, certo?

E mais que isso, um ambiente em que decisões devem ser tomadas com grande sabedoria e em tempo hábil.

De fato, empreender e investir em uma empresa é um grande passo que exige, sobretudo, estratégias e muito conhecimento.

Olhando ao redor, podemos perceber que estamos rodeados de empresas que atuam em inúmeros segmentos.

A questão é: os perfis atuantes estão conduzindo suas respectivas companhias com o conceito de controladoria em mente? Como tem sido a apuração das informações estratégicas?

Acompanhe o nosso blog para saber mais!

O que é controladoria?

Controladoria, como o próprio nome sugere, vem de controle.

Sendo assim, podemos defini-la como a organização e a análise de ferramentas que, não apenas asseguram o funcionamento de uma empresa, como auxiliam os gestores para que rápidas decisões sejam tomadas no cenário corporativo.

Dessa forma, a controladoria é considerada um segmento administrativo e/ou contábil, sem nível hierárquico definido, e que contribui para a assertividade dos processos internos e até longevidade da empresa.

sistema de gestão

A estruturação de uma companhia pode parecer claro para a maioria, contudo, sua arquitetura interna exige atenção.

Além do conhecimento sobre os muitos setores de uma empresa, são necessárias estratégias para mantê-los funcionando em harmonia.

Em outras palavras: é preciso garantir uma boa organização e o controle das operações para o sucesso dos negócios, ou seja, a gestão de controladoria.

Contudo, na prática, muitos empreendedores acabam deixando de lado alguns detalhes importantes, como os planejamentos obrigatórios, o que pode gerar descontrole da gestão, e, consequentemente, o fechamento da empresa.

sistema para controladoria

Talvez você esteja se perguntando se existe alguma metodologia efetiva que garanta o bom funcionamento de uma empresa.

E é exatamente aí que a controladoria surge como uma importante adição. Que pode — e deve — ser adotada pelos empreendedores como mecanismo de gestão.

Mas, com que tipo de solução os empreendedores podem contar? Confira logo abaixo.

O que é ERP?

A gestão de controladoria é uma estratégia praticamente obrigatória a qualquer empresa que visa cuidar das informações operacionais de forma mais holística.

Porém, qual a melhor forma de controlar cada processo, garantindo o sucesso de sua execução?

software ERP versus planilha

Muitas empresas têm feito essa gestão por meio de ferramentas manuais, como planilhas e relatórios. Porém, esse tipo de controle não garante a assertividade dos dados, já que um erro de digitação pode alterar completamente o resultado final.

Sem mencionar que o preenchimento de planilhas demanda muito tempo dos profissionais responsáveis, comprometendo seu desempenho.

Sabemos então que, apesar de bastante comum, essa não é a melhor forma de fazer a gestão de controladoria em uma empresa. Então, qual o plano de ação ideal?

A resposta está na tecnologia. Você já ouviu falar em sistemas ERP?

O sistema ERP (Enterprise Resource Planning) é uma solução que busca centralizar os dados de sua empresa em apenas uma ferramenta. Isso facilita o trabalho tanto dos líderes quanto dos colaboradores, já que o software contribui com o ágil acesso a relatórios gerenciais.

Também conhecida como Sistema Integrado de Gestão ou Sistema de Recursos Empresariais, a tecnologia ERP, por integrar vários módulos da empresa (como financeiro, vendas, marketing) em apenas uma ferramenta, hoje é caracterizada como uma ferramenta praticamente obrigatória em qualquer empresa.

Isso porque o acesso mais rápido às informações traz mais desempenho e produtividade à equipe, consequentemente aumentando a lucratividade da empresa que faz uso dessa tecnologia.

gestão empresarial

Por que investir em um sistema para gestão de controladoria?

É fato que diversas mudanças foram ocasionadas pelo constante avanço tecnológico à gestão empresarial. Inclusive, ferramentas digitais, como sistemas ERP, vieram para tornar os fluxos ainda mais eficazes, evitando falhas internas e gastos, por exemplo.

Essas soluções tornam a gestão de clientes, a financeira, dentre outras funcionalidades, mais otimizada. Mas, o caso se aplica à controladoria? A resposta é: sim!

Se o planejamento é essencial para a continuidade de qualquer empresa, centralizá-lo em apenas um lugar o torna mais acessível.

Assim, é possível aumentar a performance da companhia, implementando um software que possa, não apenas auxiliar com o desempenho, como também mensurá-lo.

sistema de controladoria

A ferramenta possibilita a coleta de informações relevantes para o conhecimento de gestores. A tomada de decisões importantes agradece!

Já no cenário fiscal, o software de gestão de controladoria permite ao gestor registrar as movimentações da empresa. Dessa forma, ele passa a otimizar os trâmites fiscais, reduzindo a sua margem de erro com as informações cedidas.

Além disso, o gestor também assegura o sigilo das informações, passando a manejá-las de forma mais prática e segura. É como garantir a integridade fiscal do empreendimento.

 

Poder contar com funcionalidades que garantem mais rapidez e segurança nas transações contábeis também é um diferencial.

A gestão de cada etapa dos processos referentes a este âmbito, por meio de um software de gestão de controladoria, garante sua assertividade.

Também pode-se afirmar que reduz-se o tempo de apuração contábil, além de atender às legislações e obrigações acessórias, que permitem o controle a relatórios mais apurados.

Confira o case do Grupo Risotolândia, referência no ramo de restaurantes corporativos em Curitiba, que investiu em um sistema para gestão de controladoria.

Parceria Teknisa e Risotolândia

Hoje, a empresa, com mais de 20 anos de solução, destaca que a tecnologia tem sido uma aliada imprescindível para um melhor controle de cada processo, ressaltando mais desempenho por parte da equipe e até mais lucratividade.

“A implantação do projeto contribuiu para uma maior assertividade em nossos controles pertinentes à etapa de planejamento, resultando em ganhos comprovados relacionados ao consumo de materiais”, conta Gabriel Garcia, gerente de controladoria da Risotolândia.

Conclusão

No texto de hoje discutimos a importância da controladoria nas empresas, principalmente como uma ferramenta indispensável à gestão de uma empresa. E não apenas isso.

Também foi destacada a importância da implementação de um software para otimizar essa gestão, sendo uma opção bastante promissora aos empreendedores.

Dentre os principais benefícios que o sistema para controladoria, podem ser destacados:

  • A garantia de um planejamento assertivo;
  • Melhor controle de fluxos internos e externos;
  • Acesso a relatórios são apenas alguns dos benefícios que a ferramenta pode agregar às empresas.

Lembre-se que, mais que garantir um mecanismo eficaz para a gestão de controladoria, é poder contar com um software funcional e com expertise de mercado. Por isso, não hesite em buscar por boas referências.

A adoção por uma ferramenta segura e de procedência é essencial para garantir sua completa execução.

E você, já está familiarizado com conceito de controladoria? Gostaria de propor algum tema para debatermos em nosso blog? Não deixe de comentar! 🙂

Quer saber mais sobre o sistema para gestão de controladoria?
Converse agora com um dos nossos consultores e tire todas as suas dúvidas.